Águia Negra-MS 2 x 2 Rio Branco VN-ES – Lanterna leva 2 a 0, fica com 9, mas busca empate!


Rio Brilhante, MS, 27 (AFI) – O Águia Negra segue sem vencer na Série D do Campeonato Brasileiro, mas neste domingo, saiu do Ninho D’Águia, em Rio Brilhante, com o sentimento de dever cumprido ao empatar por 2 a 2 com o Rio Branco-VN pela quarta rodada.

O time visitante abriu 2 a 0 ainda no primeiro tempo com Stenio Garcia e Daniel Felipe. No segundo tempo, os mandantes tiveram dois jogadores expulsos (Janderson e Souza) e, mesmo assim, conseguiram o empate em apenas três minutos com Adriano e Everton.

O empate manteve o clube sul-mato-grossense na lanterna do Grupo A6 com um ponto, enquanto o Rio Branco-VN perdeu a chance de figurar no G4. Os capixabas estão no quinto lugar com cinco pontos, a dois da zona de classificação.

NA FRENTE!
O Rio Branco entrou disposto a resolver o jogo ainda no primeiro tempo. Antes da primeira volta do relógio, Stenio Garcia abriu o marcador em chute firma da entrada da área. O Águia Negra não esboçou reação e o Rio Branco levou o placar até aos 41 minutos, quando ampliou. Daniel aproveitou falta batida por Teco e meteu para as redes.

HEROICO!
No segundo tempo, a situação parecia que seria irreversível ao Águia Negra. Afinal, Janderson recebeu cartão amarelo aos 5 minutos e foi expulso aos 6 ao parar contra-ataque. Mesmo com um jogador a menos, os mandantes aproveitaram que o Rio Branco não foi para cima e diminuíram.

Aos 19 minutos, Giovani deu rebote no pé de Adriano que apenas cutucou para as redes. Três minutos mais tarde, Adriano cruzou da esquerda e Everton cabeceou para as redes. Aos 35 minutos, Souza simulou, recebeu o segundo amarelo e foi expulso, deixando o Águia Negra com 9 jogadores em campo.

PRÓXIMOS JOGOS
Na quinta rodada, o Águia Negra visitará a Ferroviária na Fonte Luminosa, em Araraquara, no sábado, 3 de julho, às 17 horas. O Rio Branco, enquanto isso, pegará o xará capixaba no Olímpio Perim, em Venda Nova do Imigrante, no domingo, às 15 horas.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior