América-MG x Juventude – Da Série B para elite, quem vencerá?


Belo Horizonte – Após serem promovidos à elite do futebol nacional, América e Juventude se enfrentam nesta quinta-feira, às 16h, na Arena Independência, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto o time mineiro busca a primeira vitória, a equipe gaúcha quer engatar a segunda vitória consecutiva para se distanciar da zona de rebaixamento.

O América Mineiro está na vice-lanterna do Brasileirão, com apenas um ponto. A má campanha fez o clube despedir Lisca e contratar Vagner Mancini. Em cinco jogos, o clube alviverde perdeu quatro e empatou apenas um – 0 a 0 diante do Cuiabá.

O Juventude, por outro lado, desencantou ao bater o Sport, por 1 a 0, na última rodada. O time gaúcho deixou a zona de rebaixamento e chegou aos cinco pontos. A meta é se afastar ainda mais da degola.

QUEM VEM NO COELHO?

A principal novidade do América estará no banco de reservas. Após acompanhar a derrota diante do Palmeiras, por 2 a 1, das tribunas, Vagner Macinici enfim foi inscrito do BID e poderá comandar a equipe dos gramados. As novidades ficaram por conta do zagueiro Kal e do meia Marcelo Toscano, ambos relacionados.

Kal disputará uma vaga no sistema defensivo com Anderson Jesus. Já Marcelo Toscano brigará com Juninho e Alê. Por outro lado, o goleiro Matheus Cavichioli desfalcará o clube, novamente, por causa da Covid-19. Já Zé Ricardo e Marlon seguirão no Departamento Médico.

“O mais importante agora é recuperarmos nosso desempenho no Campeonato Brasileiro e unir forças para o início de um novo trabalho. Já posso afirmar que o que senti na minha chegada ao Clube é que nós temos tudo para fazer uma bela temporada”, falou Mancini.

OLHO NO JU!

O técnico Marquinhos Santos foi forçado a fazer mudanças na equipe do Juventude para o confronto contra o América Mineiro. O meia Guilherme Castilho levou o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão. O treinador também não poderá contar ainda com Wagner e Yago, vetados pelo Departamento Médico.

Para o lugar de Guilherme Castilho, o treinador optará por Matheus Jesus, assim como fez durante o Sport. Existe ainda uma disputa no setor ofensivo, mas o trio deverá ser formado novamente por Chico, Paulinho Bóia e Matheus Peixoto. Capixaba, Marcos Vinícius e Fernando Pacheco correm por fora.

“O time está em evolução. Conseguimos fazer um bom jogo contra o Sport e esperamos repetir a dose contra o América. Ainda não vencemos fora, mas temos totais condições de chegar em Belo Horizonte e, respeitando nosso rival, trazer os três pontos para Caxias do Sul”, disse Marquinhos Santos.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior