Após desmaio, craque da Dinamarca é estabilizado; partida é retomada



Momento de tensão na Eurocopa. Christian Eriksen, o camisa 10 da Dinamarca, desmaiou em campo e recebeu atendimento médico durante a partida contra a Finlândia neste sábado, na primeira rodada da Eurocopa. Os médicos tentaram reanimar o atleta ainda no gramado. Posteriormente, a Uefa suspendeu a partida, mas informou que ela voltará a ser disputada às 15h30 (de Brasília).

“Após o pedido feito por jogadores de ambas as equipes, a UEFA concordou em reiniciar a partida entre Dinamarca e Finlândia hoje à noite às 20:30 CET (TBC). Os últimos quatro minutos do primeiro tempo serão jogados, haverá então um intervalo de 5 minutos seguido do segundo tempo”, informou.

A Uefa também informou que Eriksen foi transferido para um hospital e está estabilizado após o ocorrido. Martin Schoots, agente de Eriksen, confirmou que ele “respira e pode falar”, em entrevista à NPO Radio1.

O lance aconteceu no final do primeiro tempo. Após uma cobrança de lateral, ao dominar a bola, Eriksen caiu sozinho, o que despertou a atenção de todos. No mesmo instante a equipe médica já foi acionada.

Eriksen ficou mais de 15 minutos sendo atendido no gramado e deixou o campo de ambulância, respirando com a ajuda de um balão de oxigênio. Ainda não se sabe a real situação do jogador.

A namorada de Eriksen, Sabrina Jensen, está no gramado, e recebeu apoio de jogadores da seleção dinamarquesa. A partida, realizada no Parken Stadium, em Copenhague, estava empatada em 0 a 0 e foi suspensa pela Uefa.

Eriksen testou negativo num surto de Covid na Inter, em março. Skriniar (Eslováquia), Lukaku (Bélgica), Hakimi (Marrocos), Radu (Romênia), Eriksen (Dinamarca), Perisic e Brozovic (Croácia) testaram negativo e foram autorizados a viajarem em voos particulares para se juntarem às suas delegações.

Com 29 anos, Eriksen é um dos principais jogadores da seleção dinamarquesa. Ele defende as cores do país desde 2010. Na atual temporada o meio-campista conquistou o título do Campeonato Italiano pela Inter de Milão.





Fonte: iBahia