Argentina quer liderança; Uruguai e Paraguai brigam por G4


Eliminatórias – América do Sul

ELIMINATÓRIAS: Argentina e Chile duelam na quinta; Brasil encara o Equador na sexta

Uruguai x Paraguai, Bolívia x Venezuela e Peru x Colômbia complementam a rodada nesta quinta-feira

Publicado em 02/06/2021
por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 2 (AFI) – Nesta quinta-feira, quatro jogos abrem a sétima rodada das Eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022. Destaque para o confronto entre Argentina e Chile. O jogo será às 21h, no estádio Estadio Único Madre de Ciudades, na Argentina. Os “hermanos” estão invictos até agora, três vitórias e um empate, ocupando o segundo lugar na classificação com dez pontos. Enquanto o Chile é apenas o sexto lugar com, quatro pontos.

Mais cedo, às 17h, Bolívia e Venezuela entram em campo no estádio Olympic Stadium Hernando Siles, na Bolívia. Ambos os times começaram as eliminatórias muito mal. Os donos ocupam a última posição com apenas um ponto conquistado em quatro jogos. Já os Venezuelanos conquistaram uma vitória e perderam os outros três jogos, ocupando a oitava colocação.

Messi treina antes da partida contra o Chile - Foto: Reprodução / Instagram AFA

Messi treina antes da partida contra o Chile – Foto: Reprodução / Instagram AFA

OS OUTROS JOGOS

Uruguai e Paraguai fazem confronto direto às 19h. As equipes estão com seis pontos cada e ocupam a quinta e a quarta colocação, respectivamente. O duelo será realizado no estádio Centenário, no Uruguai e a seleção celeste não poderá contra o Craque Arrascaeta. O meio-campista foi diagnosticado com Covid-19 pela segunda vez e irá perder também o confronto contra a Venezuela.

Mais tarde, às 23h, o vice-lanterna Peru encara a Colômbia. Os peruanos conquistaram somente um ponto e vêm de três derrotas seguidas, já a Colômbia ocupa a sétima posição com quatro pontos. Uma vitória, um empate e duas derrotas nos últimos dois jogos.

SELEÇÃO BRASILEIRA

O Brasil entra em campo somente na sexta-feira, às 21h30, no estádio Beira Rio, contra o Equador, para fechar a rodada. A seleção de Tite tem 100% de aproveitamento até agora e soma 12 pontos, líder isolada das Eliminatórias. Os equatorianos também vêm muito bem, até agora são três vitórias seguidas e apenas uma derrota, ocupando a terceira colocação com nove pontos.

Para o confronto, é provável que Tite faça algumas mudanças na equipe de acordo com os treinamento realizados na Granja Comary. No comando de ataque, Gabigol é o principal candidato a substituir Roberto Firmino e na lateral esquerda, Alex Sandro deve começar no lugar de Renan Lodi. No meio, a tendência é que Fred entre no lugar do suspenso Douglas Luiz. Lucas Paquetá também pode ser titular, já que Everton Ribeiro sofre com desgaste físico.


Fonte: Futebol Interior