Atlético-MG 2 x 1 Remo – Classificação veio sem sustos para o Galo


Copa do Brasil

Atlético-MG 2 x 1 Remo – Classificação veio sem sustos para o Galo

O time comandado por Cuca já havia vencido a partida de ida, por 2 a 0

Publicado em 10/06/2021
por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 10 (AFI) – O Atlético-MG confirmou o favoritismo na noite desta quinta-feira ao ganhar do Remo, por 2 a 1, no Mineirão, e garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil.

É verdade que o Remo chegou a desperdiçar um pênalti com Felipe Gedoz, mas o Atlético-MG poderia ter aplicado uma goleada. Só no primeiro tempo foram três bolas na trave do goleiro Vinícius.

Na partida de ida, realizada no Baenão, o Atlético-MG havia vencido o Remo, por 2 a 0. Além da classificação para as oitavas de final, o Galo também embolsou uma premiação de R$ 2,7 milhões.

OS GOLS

Espaço incorporado por HTML (embed)

%3Ciframe%20width=%22560%22%20height=%22315%22%20src=%22https://www.youtube.com/embed/J-TBp9-nNV0%22%20title=%22YouTube%20video%20player%22%20frameborder=%220%22%20allow=%22accelerometer;%20autoplay;%20clipboard-write;%20encrypted-media;%20gyroscope;%20picture-in-picture%22%20allowfullscreen%3E%3C/iframe%3E

RÁFIO FI COM SUPER FM

Mais uma vez foi formada a cadeia de sucesso no futebol brasileiro. A

Rádio Futebol Interior transmitiu este jogo em cadeia e com o som de primeira qualidade da RÁDIO SUPER FM, de Belo Horizonte.

A Rádio FI é a maior audiência na WEB e transmite também nas Redes Sociais: Facebook e Youtube.

GALO NA FRENTE
A classificação ficou ainda mais próxima do Atlético-MG aos nove minutos de jogo. Hyoran cobrou escanteio e Réver desviou, de cabeça, na primeira trave para abrir o placar. O Remo sentiu e quase sofreu o segundo na sequência. Em uma pane geral da defesa, Dodô chutou forte e Vinícius espalmou.

O Remo só foi chegar com real perigo aos 26 minutos. Lucas Siqueira bateu colocado e Everson mandou para escanteio. Após a cobrança, Rafael Jansen cabeceou para defesa do goleiro. A resposta do Galo veio em chute de Allan de fora da área. Vinícius evitou o segundo gol alvinegro.

Atlético-MG venceu o Remo no Mineirão (Foto: Pedro Souza/Atlético)

Atlético-MG venceu o Remo no Mineirão (Foto: Pedro Souza/Atlético)

BOLAS NA TRAVE E EMPATE
Aos 30, Keno recebeu livre dentro da área e, na cara do goleiro, acertou a trave. Se sobrava espaço na zaga do Remo, faltava sorte para o Atlético-MG.

Na sequência foram mais duas bolas na trave de Vinícius, com Thiago Ennes, contra, e Nacho Fernández.

As chances desperdiçadas custaram caro no último lance do primeiro tempo. Keno saiu jogando errado e a bola sobrou para Romércio, que dominou e soltou a bomba sem chances para Everson.

HULK DEIXA O DELE
O Atlético-MG jogou um balde de água fria no Remo logo aos cinco minutos do segundo tempo. Nacho Fernández cobrou falta para dentro da área e Rafael Jansen puxou Réver. O árbitro assinalou pênalti, convertido por Hulk. O Leão quase empatou na sequência em chute de Igor Fernandes por cima.

Aos 15, Nacho Fernández deu grande passe para Dodô, que dominou de frente para o goleiro, mas demorou demais e foi travado por Romércio. O Atlético-MG voltou a diminuir o ritmo e só não viu o Remo empatar aos 30 minutos porque Everson defendeu pênalti cobrado por Felipe Gedoz.

O lance desanimou de vez o Remo, que não levou mais perigo ao gol atleticano. Já o Galo ficou tocando a bola de um lado para o outro esperando o apito final do árbitro. O volante Jair ainda chegou a acertar a rede pelo lado de fora após jogada individual.


Fonte: Futebol Interior