Bolsonaro visita Arena Condá, bate pênalti e acompanha amistoso da Chapecoense


Chapecó, SC, 25 – Jair Bolsonaro chegou a Chapecó na tarde desta sexta-feira e visitou as instalações da Chapecoense. Durante o passeio, o presidente foi acompanhado por membros da diretoria do clube catarinense e assistiu a um amistoso das categorias de base. O clube afirmou que a visita do chefe do Executivo é “motivo de muito orgulho” e ficará “marcada nas páginas do clube”.

 

“A Associação Chapecoense de Futebol, através da sua diretoria, expressa o agradecimento ao presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, por conceder a honra da sua visita nas dependências da Arena Condá, tratando-se de momento histórico para agremiação, que buscará retribuir com a calorosa receptividade e verde e branca”, escreveu o clube.

 

A Chapecoense também agradeceu o prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD) por ajudar a viabilizar, via governo federal, o repasse de recursos destinados às obras de melhorias e ampliação do estádio. Rodrigues é apoiador do governo Bolsonaro. Um dos responsáveis por mostrar as instalações da Chape ao presidente foi o ex-jogador Neto, um dos sobreviventes do acidente aéreo da Chapecoense em 2016.

 

Bolsonaro, que mais cedo participou de um evento em Sorocaba, no interior paulista, conheceu a Arena Condá, posou para foto com jovens jogadores das categorias de base e com o mascote do time, o Índio Condá, e se arriscou em uma cobrança de pênalti. Ele usou máscara em apenas parte da visita. Em algumas fotos é possível ver o presidente sem o acessório de proteção à covid-19 em alguns momentos. Chapecó está situada em uma das 15 regiões de saúde de Santa Catarina em situação grave por causa da covid-19.

 

Segundo a agenda oficial do presidente, depois de acompanhar as obras na Arena Condá, Bolsonaro visitou as instalações de uma cooperativa de alimentos e, à noite, se encontrou com empresários. O presidente passará a noite em Chapecó em local não divulgado pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e no sábado vai participar de mais uma motociata com apoiadores.

Esse tipo de manifestação de apoio a seu governo tem sido comum, de modo que o presidente já esteve em atos similares no Rio e em São Paulo recentemente. Esses eventos provocam aglomerações e várias muitas pessoas sem máscara.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior