Brasil 2 x 0 Equador – Seleção deixa extracampo de lado e segue 100%


Eliminatórias – América do Sul

Brasil 2 x 0 Equador – Seleção deixa extracampo de lado, vence e segue 100%

Com o resultado, o Brasil chegou aos 15 pontos, na liderança isolada do duelo, abrindo quatro da Argentina

Publicado em 04/06/2021
por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 04 (AFI) – O Brasil segue imbatível nas Eliminatórias para a Copa do Mundo. A seleção de Tite conquistou sua quinta vitória consecutiva ao bater o Equador por 2 a 0 na noite desta sexta-feira, no estádio Beira-Rio, pela sétima rodada.

Com o resultado, o Brasil chegou aos 15 pontos, na liderança isolada do duelo, abrindo quatro da Argentina, sem segundo. O Equador, por outro lado, ficou em terceiro, com nove. O Paraguai, com sete, fecha o G-4.

VEJA GOLS E MELHORES MOMENTOS

Espaço incorporado por HTML (embed)

%3Ciframe%20width=%22560%22%20height=%22315%22%20src=%22https://www.youtube.com/embed/wm7ZVWl-oKA%22%20title=%22YouTube%20video%20player%22%20frameborder=%220%22%20allow=%22accelerometer;%20autoplay;%20clipboard-write;%20encrypted-media;%20gyroscope;%20picture-in-picture%22%20allowfullscreen%3E%3C/iframe%3E

DEU SONO
A Seleção Brasileira enfrentou um Equador que se posicionou com a clara intenção de levar um ponto de Porto Alegre. Sem muita criatividade, a equipe de Tite encontrou muita dificuldade para fazer a infiltração, ainda mais diante de uma equipe totalmente na defesa. Neymar até chamou a responsabilidade, mas não conseguiu escapar da marcação e fazer o que sabe fazer melhor.

A melhor chance do Brasil foi com Gabigol. O atacante do Flamengo aproveitou um cruzamento da Danilo para colocar a bola no fundo das redes, mas o impedimento foi marcado e o gol acabou sendo anulado pela arbitragem. Seu companheiro de equipe, Richarlison também pouco apareceu durante os 45 minutos.

Brasil derrota o Equador

Brasil derrota o Equador

O Equador, por outro lado, deixou Alison como um mero espectador do duelo. O goleiro não fez uma defesa sequer na primeira etapa. O principal nome da equipe equatoriana foi Arboleda, zagueiro do São Paulista, com uma participação perfeita na tentativa de segurar os atacantes do Brasil.

VITÓRIA
No segundo tempo, o Equador cresceu e chegou a ameaçar a seleção brasileira, mas Tite resolveu tirar Fred para colocar Gabriel Jesus. A partir daí o Brasil cresceu e chegou ao gol aos 19 minutos. Neymar acionou Richarlison, que chuta forte de canhota para fazer 1 a 0.

Após o gol, o Brasil foi para cima do Equador e começou a desperdiçar uma oportunidade atrás da outra. Na tentativa de Gabriel Jesus, Domínguez fez a defesa. No lance seguinte, Gabigol também parou na defesa do goleiro. O atacante do Flamengo ainda teve mais uma chance. Ele recebeu de Richarlison e, da marca do pênalti, cabeceou caprichosamente rente à trave.

O Brasil continuou dominando e teve um pênalti marcado em cima de Gabriel Jesus, cometido por Preciado. Neymar foi para a cobrança, fez uma graça e recuou nas mãos do goleiro Domínguez. No entanto, o VAR mandou voltar, pois o goleiro adiantou. Na nova tentativa, o camisa 10 mandou para o fundo das redes. Depois foi só segurar para confirmar a vitória.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Equador enfrenta o Peru na terça-feira, às 18h, na Casa Blanca, em Quito (EQU). No mesmo dia, às 21h30, o Brasil visita o Paraguai nos Defendores del Chaco, em Assunção (PAR).


Fonte: Futebol Interior