Brasil x Venezuela – Unida, Seleção quer estrear com vitória no DF


Copa América

Brasil x Venezuela – Unida, Seleção quer estrear com vitória em Brasília

O time brasileiro está em alta e quer estrear com vitória na Copa América

Publicado em 12/06/2021
por Agência Futebol Interior

Brasília, DF, 12 (AFI) – Após polêmica e quase boicote dos jogadores, a Seleção Brasileira estreia na Copa América neste domingo contra a Venezuela, às 18 horas, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O PLACAR FI acompanhará a partida em TEMPO REAL.

A vontade dos jogadores era de não entrar em campo, mas por força contratual acabaram decidindo disputar a Copa América. Desde a cassação de Rogério Caboclo, após as denúncias de assédio moral e sexual, a comissão técnica de Tite e os líderes do time se uniram ainda mais e prometeram empenho com a camisa amarelinha.

Brasil e Venezuela estão no Grupo B, que ainda conta com Equador, Peru e Colômbia. Nesta primeira rodada, o outro confronto da chave acontecerá entre Colômbia e Equador, também no domingo, mas às 21 horas, na Arena Pantanal, no Mato Grosso.

Seleção Brasileira vem de seis vitórias consecutivas nas Eliminatórias

Seleção Brasileira vem de seis vitórias consecutivas nas Eliminatórias

E OS TIMES?
Com uma sequência de seis vitórias seguidas nas Eliminatórias da Copa do Mundo, o Brasil não tem muito o que mexer. Tite está contente com a atual formação e principalmente efetividade dos homens de ataque. Por isso, dificilmente o time terá alguma mudança em relação aos últimos jogos.

A novidade nos relacionados para este confronto é o zagueiro Thiago Silva, que havia ficado de fora dos outros jogos das Eliminatórias devido a lesão na final da Liga dos Campeões pelo Chelsea. Ele deverá ficar no banco de reservas com Militão sendo mantido na zaga ao lado de Marquinhos.

Quem ainda não tem presença na lista de relacionados é o atacante Gabriel Barbosa, com lesão muscular e que ainda será reavaliado para ao menos ficar no banco de reservas. Independente disso, o jogador já começaria o duelo como opção para o decorrer da partida.

Já a Venezuela deverá entrar em campo desfigurada. Neste sábado, a delegação teve 12 casos positivos para a covid-19. Todos entre comissão técnica e jogadores. Todos foram isolados e agora ficarão isolados até o final da quarentena. Por isso, a escalação do time é uma incógnita e só será conhecida minutos antes do confronto.


Fonte: Futebol Interior