Ceará x São Paulo – Arrancar ou desencantar no Brasileirão?


Fortaleza, CE, 26 (AFI) – Embalado com a vitória para cima do Atlético Mineiro, o Ceará mira agora o confronto diante do São Paulo para subir para a parte de cima da tabela de classificação. O jogo é neste domingo, às 20h30, na Arena Castelão, pela sétima rodada do Brasileirão.

A vitória por 2 a 1 para cima do Atlético Mineiro levou o Ceará para a 12ª colocação, com oito pontos, abrindo cinco do São Paulo dentro da zona de rebaixamento.

O São Paulo, por outro lado, era cotado como um dos favoritos ao título, mas ainda não venceu. O Tricolor está na 17ª colocação, com três pontos, assim como o Cuiabá, o primeiro fora da degola.

COMO VEM O VOZÃO?
O técnico Guto Ferreira enfim terá o que comemorar. Para o duelo contra o São Paul. Se juntam ao grupo, após cumprirem quarenta devido à Covid-19, o goleiro Richard, o zagueiro Luiz Otávio, o volante Fabinho, além dos atacantes Rick e Cleber. No entanto, nenhum deles tem retorno garantido.

Como o Ceará não tem costume de divulgação a escalação e divulgou seu último Boletim Médico na sexta-feira, a equipe que entrará em campo é totalmente desconhecida. Mas tudo leva a crer que, ao menos, Richard, Fabinho e Cleber estarão entre os 11. Vale lembrar que Victor Jacaré segue sendo desfalque por lesão, assim como William Oliveira e João Ricardo. Klaus e Alan ainda estão cumprindo isolamento.

Guto Ferreira ainda poderá dar mais uma chance ao meia Vina na equipe titular. O jogador vem brigando por espaço com Jorginho, que tem conquistado a confiança do treinador. A decisão ficará para minutos antes da bola rolar.

“A gente vinha jogando bem e não é desde a partida contra o Atlético-MG. Fomos até superiores ao Bahia. Contra o Inter é a mesma coisa. Então uma hora a vitória teria que vir. Com certeza ela vai dar ainda mais moral, mais força para os jogos que virão por aí, a começar no duelo contra o São Paulo”, falou o treinador.

E O TRICOLOR?
O São Paulo terá problemas no setor defensivo. Arboleda foi flagrado na balada e depois se apresentou à seleção colombiana, enquanto Miranda está com o Brasil na Copa América. Sem seus dois pilares, o setor defensivo não consegue mais passar em branco.

Bruno Alves é o único experiente no setor. Do mais, meninos, casos de Léo e Diego. Passar tranquilidade virou uma das metas. Reinaldo volta no Castelão, assim como Daniel Alves, desde o início, para darem suporte à defesa.

Outro ponto que terá atenção especial é o ataque. Sem Luciano, ninguém se firma para anotar os gols. Vitor Bueno entrou bem diante do Cuiabá e vive esperança de ganhar chance, assim como Pablo. Benitez, porém, pode novamente “quebrar galho” mais adiantado. Ainda mais com as dores musculares de Rigoni, a lesão de Gustavo Sara e o fato de Éder ainda não ter se adaptado.

O técnico Crespo também não irá para o jogo, pois está com Covid-19.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior