Chapecoense 1 x 2 Internacional – Na estreia de Aguirre, Colorado encerra tabu de 13 anos!


Chapecó, SC, 24 (AFI) – Demorou, mas o Internacional enfim soube o que é vencer a Chapecoense na Arena Condá, em Chapecó. O tabu de 13 anos foi encerrado na noite desta quinta-feira, com vitória por 2 a 1, em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Em 13 anos, o Internacional nunca havia somado pontos atuando fora de casa contra a Chapecoense. Neste período foram cinco jogos e cinco vitórias do time catarinense. Num destes confrontos, em 2014, os anfitriões venceram por 5 a 0, quando Abel Braga ainda dirigia o time gaúcho.

O confronto também marcou a reestreia do técnico Diego Aguirre no comando do Internacional, ele que havia dirigido o time há seis anos. Ele chega com a missão de reabilitar o time no campeonato após início irregular com o espanhol Miguel Angel Ramírez.

Com a vitória desta quinta, o Internacional chegou aos oito pontos e assumiu a 12ª posição. Já a Chapecoense, que ainda não venceu na competição, caiu para a zona de rebaixamento: 18º lugar com apenas três pontos. São três empates e três derrotas em seis partidas disputadas.

INTER COM INÍCIO PROMISSOR

Em campo, a postura ofensiva do Internacional foi determinante pela vitória parcial de 2 a 0 antes do intervalo. O time gaúcho foi intenso e pressionou a Chapecoense em seu campo defensivo.

Logo aos cinco minutos, o sistema defensivo da Chapecoense saiu jogando errado e após ótima troca de passes Maurício encontrou Caio Vidal, que chutou de fora da área, cruzado, sem chances de defesa ao goleiro João Paulo.

Atrás no placar, a Chapecoense precisou sair para o jogo e até criou oportunidade de empatar. Mas o Internacional foi efetivo no ataque e ampliou. Aos 34 minutos, Patrick deu ótimo passe para Yuri Alberto, que invadiu a área e finalizou na saída do goleiro.

CHAPE MELHORA, MAS…

No segundo tempo a partida ficou mais movimentada. Logo aos nove minutos, Ravanelli cobrou falta na área e Derlan desviou de cabeça para o gol de Daniel, recolocando a Chapecoense na partida.

O Internacional deu mole na marcação e chamou a Chapecoense para o seu campo defensivo. E poderia ter levado o empate aos 27 minutos, quando Bruno Silva recebeu cruzamento na área, apareceu por trás de Heitor e cabeceou rente a trave, quase empatando o confronto.

Conforme o tempo foi passando, o Internacional foi mais cauteloso e priorizou os contra-ataques para tentar liquidar o confronto. Ao mesmo tempo reforçou ainda mais a marcação e esperou o apito final para comemorar a segunda vitória no campeonato.

Nos minutos finais, Bruno Silva se envolveu em confusão com o banco de reservas do Internacional e acabou sendo expulso pela Chapecoense. Danilo Fernandes e Caio Vidal, do Interancional, também acabaram sendo expulsos pelo árbitro.

PRÓXIMOS JOGOS

A Chapecoense volta a campo no domingo para enfrentar o Athletico-PR, às 20 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba. Já o Internacional, no mesmo dia, mas às 20h30, enfrentará o América-MG no Independência, em Belo Horizonte.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior