Coelho diz que Inter deve evoluir e ficou feliz com os jovens em campo


Brasileiro

Série D: Após estrear perdendo em casa, Coelho se diz feliz pelos jovens da base

Técnico lamentou a derrota para o Madureira, em casa, mas ressaltou que primeiro tempo teve pontos positivos e que time deve melhorar

Publicado em 07/06/2021
por Agência Futebol Interior

Limeira, SP, 7 (AFI) – Após começar o Brasileirão Série D perdendo por 3 a 0, em casa, para o Madureira, a Inter de Limeira o estreante técnico ex-Corinthians, Dyego Coelho, disse que a equipe conseguiu impor um bom ritmo na primeira etapa mesmo sofrendo dois gols.

A Inter conseguiu retornar a uma divisão nacional após 18 anos.

“Um primeiro tempo onde tivemos controle total. Daí, você toma um gol de fora da área. Dois chutes felizes do time do Madureira. Depois um gol de transição. Isso, para quem está querendo propor o jogo como a gente fez e que a gente vai fazer, fica difícil, com situações saindo atrás do placar. A gente tem que trabalhar. Este é o meu trabalho: fazer com que as coisas funcionem melhor dentro de campo. Fazer esse time jogar, ficar com a bola, render mais, principalmente no segundo tempo, para a gente conseguir nossas vitórias”, disse.

Coelho, em coletiva pós jogo contra o Madureira - Foto: Reprodução/TV Vai Leão

Coelho, em coletiva pós jogo contra o Madureira – Foto: Reprodução/TV Vai Leão

QUER IMPOR SEU ESTILO

Coelho reforçou que pretende instaurar seu método de trabalho dentro da equipe, mas isso demanda tempo. O treinador gosta da posse de bola.

“É uma situação que a gente não queria, óbvio, estrear com derrota. Um primeiro tempo onde a gente toma um gol de fora da área, depois outro de transição. Algumas escolhas poderiam ter sido um pouco melhor. Um time com uma proposta de jogo para jogar para frente, é isso que a gente vai implantando e fazer nessa semana também. É aprender e tirar uma lição disso daqui, organizar algumas coisas, principalmente ofensivamente, para a gente fazer não só 45 minutos, mas 90 minutos bem”, explicou.

ELENCO NOVO

Desde o fim do Paulistão, a equipe contratou 11 atletas e trabalhou com jovens da base nesse jogo. O treinador disse que ficou feliz com os meninos em campo.

“Estão chegando jogadores. Ficamos com cinco ou seis jogadores fora da nossa estreia, jogadores que vêm para ajudar. Colocamos muitos meninos da base para jogar, fico feliz com isso também. Entraram, fizeram o melhor, corresponderam. É questão de observar agora”. falou.

PRÓXIMO COMPROMISSO

A Inter volta a campo no próximo domingo, às 16h, para enfrentar o Cianorte, pela segunda rodada do Grupo A7.


Fonte: Futebol Interior