Com gol aos 32 segundos, Athletico-PR vence o Avaí e avança na Copa BR


Copa do Brasil

Athletico-PR 1 x 0 Avaí – Gol relâmpago coloca o Furacão nas oitavas!

O gol da classificação do rubro-negro paranaense aconteceu logo aos 32 segundos do primeiro tempo

Publicado em 09/06/2021
por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 09 (AFI) – Com apenas 32 segundos, o Athletico-PR venceu o Avaí por 1 a 0 na Arena da Baixada, em Curitiba, pelo confronto de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Vitinho fez o ‘gol relâmpago’ na capital paranaense. O PLACAR FI acompanhou o duelo em TEMPO REAL.

Quem vencesse o confronto desta quarta-feira ficaria com a classificação às oitavas de final do campeonato. Isso porque os times haviam empatado no duelo de ida por 1 a 1, na Ressacada, em Florianópolis.

Além da vaga na próxima fase, o Athletico-PR também faturou premiação de R$ 2,7 milhões. O adversário nas oitavas de final será definido em sorteio da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ainda sem data para acontecer.

VEJA O GOL DO FURACÃO

O JOGO
O Athletico-PR foi avassalador nos primeiros minutos de jogo e logo abriu o placar na Arena da Baixada. Aos 32 segundos, Nikão avançou pela direita, Renato Kayser desviou de cabeça e Vitinho finalizou forte com a perna esquerda, sem chances de defesa para o goleiro Glédson.

Atrás no placar, o Avaí respondeu em campo e aos seis minutos por muito pouco não deixou tudo igual. Lourenço cobrou falta de muito longe, o goleiro Santos espalmou e a bola ainda tocou no travessão antes de ser afastada pelos defensores. Um susto para o sistema defensivo rubro-negro.

Vitinho comemora seu gol aos 32 segundos de jogo na Arena

Vitinho comemora seu gol aos 32 segundos de jogo na Arena

Os catarinenses tentaram ficar com a bola nos pés, mas foram pouco efetivos. Tanto é que voltaram a finalizar com perigo apenas aos 22, quando Diego Renan arriscou e mandou muito perto da trave. Ainda no primeiro tempo, aos 29, Vitinho poderia ter feito o segundo na partida, mas chutou pela linha de fundo.

No segundo tempo a partida seguiu equilibrada e com os dois times chegando ao ataque. Aos oito minutos, Nikão arriscou de longe e obrigou Glédson a fazer ótima defesa. O Avaí respondeu aos 14 com chute de Jonathan que Santos segurou firme.

Daí em diante, o Avaí foi para o tudo ou nada na capital paranaense. Claudinei Oliveira fez mudanças para deixar o time mais ofensivo, como a entrada de Valdívia, mas não surtiu efeito. O sistema defensivo do Athletico-PR seguiu bem e segurou o resultado de 1 a 0 até o apito final.


Fonte: Futebol Interior