Como os produtores das maiores festas de São João da Bahia estão se planejando para 2022



Quando os grandes eventos, entre eles as tradicionais festas pagas de São João nas cidades do interior, foram cancelados em 2020 por conta da pandemia do novo coronavírus, o pensamento era que em 2021 haveria o “reencontro”. No entanto, isso não irá acontecer. Diante dos altos números de casos e mortes pela Covid-19, o governador Rui Costa já afirmou que não haverá festas de São João na Bahia.  

Dessa forma, os produtores das grandes festas agora voltam suas expectativas para 2022. O iBahia conversou com os responsáveis pelas principais festas do interior para saber como estão os planos para o ano que vem.  

Para Antônio Ribeiro Dólar, empresário e produtor do Forró do Bosque, em Cruz das Almas, a realização do São João no próximo ano depende do retorno de grandes eventos, como o Réveillon e Carnaval. Ele explica que é necessário um período de pelo menos seis meses para a organização de uma festa grande. “Temos muitos planos para 2022 já, estamos animados. Mas claro que tudo vai depender da evolução da vacinação”, destacou.  

Leo Ferreira, Gestor da Núcleo55 Produções e Gestor da carreira de Bell Marques, responsável pelo Forró do Lago, em Santo Antônio de Jesus, também faz um paralelo com o Carnaval ao falar da expectativa para a realização do evento no ano que vem. “As autoridades já falam no Carnaval, então, sem dúvida, podemos falar em São João. Levando em fala que temos uma agenda de vacinação bastante grande até o final do ano e nos baseando na realidade de países onde a vacinação está mais avançada e a situação mais controlada, acreditamos que 2022 marcará, sim, marcar o retorno dos eventos”, opinou. 

A incerteza, no então, ainda é uma realidade para os produtores. Raul Dourado, da Dourado Produções, responsável pelo Tico Mia, em Ibicuí, destaca que existem muitas variáveis que fogem do controle da produção. No entanto, segundo o empresário, a expectativa do setor em geral é que em 2022 o São João possa acontecer. “Eu venho mantendo contato com o pessoal lá de Campina Grande, da Paraíba, que faz festas grandes, e os próprios produtores das bandas, e a expectativa é que venha acontecer sim”, pontuou ele, que é responsável pela tradicional festa ao lado do pai, Lourival Dourado. 

Outra festa que marca o São João da Bahia é o Forró do Sfrega, em Senhor do Bonfim. Os gestores do evento, Gabriela Coutinho e Paulinho Sfrega, também se dizem otimistas, mas fazem a mesma ressalva: depende do ritmo da vacinação. 

Foto: Reprodução / Instagram Forró do Sfrega

O que esperar para o retorno

Mesmo com a incerteza da realização dos eventos, os produtores já montam planos para o retorno. Depois de dois anos, é de se imaginar que o público esteja com uma expectativa lá em cima, e os profissionais, claro, não querem decepcionar. 

Sem revelar nomes, Dólar, do Forró do Bosque, afirmou ao iBahia que vai em busca de atrações de peso. Para os responsáveis pelo Forró do Sfrega, vai ser necessário se reinventar. “A nossa expectativa é que a retomada do evento tenha como marca o resgate da cultura junina, de maneira ainda mais forte. Nosso propósito será fazer com que o público sinta novamente o gosto dos antigos festejos juninos, com valorização da cultura regional, da música pé de serra, do clima familiar e daquilo que nos remete ao tradicional São João”, explicaram Gabriela e Paulinho. 

Assim como foi feito planos para 2021, que não poderão ser concretizados, o Tico Mia, em Ibicuí, também já está trabalhando para 2022. Raul Dourado diz planejar algo que “mantenha a essência” da festa, mas que seja marcante. “O público vai chegar com muita sede”, ressaltou. 

Já Leo Ferreira pretende fazer o “maior Forró do Lago” de todos os tempos. O produtor afirmou que está pensando “com muito cuidado” para que a edição de 2022 seja ainda mais marcante do que as anteriores. “Não apenas em termos de grade de atrações, mas de estrutura para o público”, completou. 

Como se manter na pandemia 

O setor de eventos foi um dos que mais foram afetados durante a pandemia. Sem ter uma alternativa, além de lives em redes sociais, os produtores e profissionais do ramo seguem sofrendo com a falta de perspectiva. 

O primeiro desafio foi manter a marca ativa, mesmo sem festas. Raul Dourado explicou que busca alimentar as redes sociais do Tico Mia com postagens, vídeos e interações. “Quem não é visto, não é lembrado”, justificou o produtor.  

Para Raul, o prejuízo de dois anos de festa não é só para o Tico Mia – e todos os outros eventos -, mas também para as cidades, neste caso, Ibicuí. “Não só o prejuízo financeiro, mas também cultural. As pessoas alugam casas no São João, tem o comércio local, essas pessoas esperam essa época do ano para melhorar a vida dentro de casa”, ressaltou. 

Para a Núcleo 55 Produções, uma das responsáveis pelo Forró do Lago, a manutenção dos trabalhos se deve pela força de Bell Marques, artista que tem a carreira gerida pela empresa. “A força dele como artista manteve nossa equipe ativa, mesmo que num ritmo bastante diferente do qual estamos acostumados. Lives, campanhas e ações de Marketing mantiveram o time motivado”, contextualizou Leo, que afirmou que a marca ‘Forró do Lago’ “segue muito forte no imaginário dos foliões, mesm sem acontecer”. 

Os gestores do Forró do Sfrega acreditam no mesmo. A festa comemora 22 anos em 2021, e os organizadores acreditam na “força da história” que construíram. “Conquistamos destaque na produção de eventos pelas inovações e entregas que oferecemos ao público, isso nos faz estar sempre presente na memória dos “Sfregueiros”, que consideram a festa um acontecimento, uma experiência marcante e inesquecível”, dizem. 

Foto: Reprodução / Instagram Forró do Lago

Enquanto as festas não podem acontecer, quem quer sentir um gostinho de São João vai ter que optar pelas lives, assim como em 2020. 

Neste ano, no dia 5 de junho acontecerá o Arraiá do Bell Marques, com transmissão ao vivo no Youtube. O artista baiano trará o repertório já conhecido voltado para o evento junino, com participação de Israel e Rodolffo. 

Além de Bell, nomes como Gusttavo Lima, Wesley Safadão, Estakazero, Zelito Miranda e Frank Aguiar já tem shows online confirmados. Confira lista completa aqui. 





Fonte: iBahia