Copa América não empolga torcida e Mané Garrincha fica ’em silêncio’


Copa América

Copa América não empolga torcida em Brasília e Mané Garrincha fica ’em silêncio’

O Portal Futebol Interior está fazendo a cobertura in loco e traz todas as informações do torneio

Publicado em 13/06/2021
por Kim Belluco

Campinas, SP, 13 (AFI) – Os torcedores não se empolgaram com a presença da seleção brasileira em Brasília. Em dia de jogo contra a Venezuela, o estádio Mané Garrincha contou com apenas dez curiosos em seus arredores. Nem a presença de Neymar foi suficiente para chamar a atenção dos moradores locais.

O hotel da seleção brasileira também não precisou de uma força-tarefa para impedir o contato dos torcedores com seus ídolos. Cerca de 20 pessoas acompanharam a saída do ônibus da delegação canarinha rumo ao deserto estádio Mané Garrincha.

Faltando 20 minutos para o jogo do Brasil, apenas policiais e dez curiosos foram vistos nos arredores do Mané Garrincha

Faltando 20 minutos para o jogo do Brasil, apenas policiais e dez curiosos foram vistos nos arredores do Mané Garrincha

Mas engana-se quem pensa que a Covid-19 foi responsável por afastar os torcedores. Brasília praticamente voltou a sua normalidade, com barzinhos, parque de diversão e shoppings lotados. Muitas pessoas também foram vistas aglomeradas nos principais pontos da cidade.

No estádio, no entanto, jornalistas e delegações só puderam entrar com máscara e precisaram apresentar teste negativo de Covid-19. Álcool-gel foi distribuído em vários pontos, tudo sem qualquer tipo de aglomeração.

CURIOSIDADE
Curiosidade a parte, o Palácio da Alvorada, designado como a residência oficial do Presidente do Brasil, foi mais tietado neste domingo do que o estádio Mané Garrincha.


Fonte: Futebol Interior