Dia das Namorados: como manter a chama acesa após anos de relacionamento?


A vida a dois é um eterno conquistar. Para ter um relacionamento saudável, é preciso se preocupar em cultivar o clima do início – de encontros, descobertas, saídas diferentes, surpresas, etc – por todas as outras fases da relação. Afinal, o novo, de alguma forma, move a curiosidade de mergulhar ainda mais profundamente na convivência. 

Manter a chama da paixão acesa após anos de relacionamento é desafiador. “Torna-se um grande desafio manter o Eros da relação vivo e aquecido. Acontece então da data dos Dia dos Namorados se tornar simplesmente uma convenção da troca de presentes de um casal que um foi apaixonado um pelo outro um dia. Muitos casais nem sabem por que estão juntos, trocaram a chama que vos unia pelo contrato de continuarem juntos até que a morte os separe”, explica o terapeuta tântrico Jorge Mahaprabu.

O especialista separou algumas dicas de como é possível manter a chama acesa mesmo com o passar do tempo, chegada de filhos, envelhecimento dos corpos. Confira: 

1. Nunca ache que você é o dono do seu par e saiba que manter a individualidade é um dos segredos para uma relação duradoura e com emoções. Saber que o par é feliz independente da presença em sua vida, faz com que a gente admire ainda mais esta pessoa.

2. De vez em quando quebrar a rotina e buscar o novo, pode resgatar sensações do início do namoro. Por mais que o dia a dia do casal seja saudável, ninguém aguenta comer feijão com arroz todo dia.  Variar possibilidades, viajar, experimentar novas aventuras, é fundamental.

3. Converse sobre os seus desejos e fantasias. Muitos casais reproduzem o que aprenderam e passar a vida toda sem explorar sua sexualidade por estar casado e sem saber sobre os desejos do parceiro. De repente, o seu desejo é o mesmo do seu par e se vocês não conversam, nada vai mudar.





Fonte: iBahia