É CAMPEÃO! Na raça, Globo segura o ABC e leva o Potiguar 2021


Natal, RN, 23 (AFI) – Com apenas oito anos de fundação, o Globo é campeão do Campeonato Potiguar 2021. A inédita conquista do time de Ceará-Mirim veio na noite desta quarta-feira, num empate por 1 a 1 com o ABC, no Frasqueirão, pelo confronto de volta da decisão do Estadual. O PLACAR FI acompanhou em TEMPO REAL.

O Globo entrou em campo com uma vantagem mínima por ter vencido o confronto de ida por 2 a 1. Só que o time não se intimidou em pleno Frasqueirão, segurou a pressão do Mais Querido e foi efetivo no segundo tempo para balançar as redes e se aproximar ainda mais do título histórico.

O título encerra a sina do Globo de sempre ter ‘batido na trave’ pelo título. Em 2014 e 2017 o time de Ceará-Mirim acabou sendo vice-campeão. Escrita que foi mudada em 2021 numa bela campanha que culminou com o título do primeiro turno, num time extremamente organizado pelo jovem técnico Hugo Chacon.

Em compensação, o tradicional ABC não conseguiu garantir o 57ª título Estadual, apesar de ainda se manter como o maior campeão potiguar da história.

POLÊMICA PRÉ-JOGO
Antes de a bola rolar, o jogo de volta ganhou uma polêmica. Isso porque alguns jogadores do Globo testaram positivo para a COVID-19, mas o clube fez a contraprova e os resultados foram negativos. O time de Ceará-Mirim achou estranha a situação e disse que mandaria os jogadores à campo pelo segundo resultado.

Por outro lado, o ABC endureceu o discurso nos bastidores e chegou a cogitar não entrar em campo com alegação de expor seus jogadores a adversários infectados pelo vírus. Discurso que não passou de pura ameaça, pois o time da capital entrou em campo normalmente para encerrar de uma vez por todos o Estadual 2021.

O JOGO
Com bola rolando, o ABC tomou a iniciativa em campo e criou as melhores oportunidades de gol no primeiro tempo. Logo aos três minutos, o Mais Querido acertou o travessão do goleiro Luiz Henrique, quase abrindo o placar com gol olímpico. Só que o Globo não se intimidou e respondeu em lance com Xilu.

A partida seguiu equilibrada até os 40 minutos, quando o ABC passou a insistir mais em jogadas aéreas. Aos 42, Marcos Antôni recebeu ótimo passe de Alan Pedro e foi derrubado na área. Os jogadores ficaram pedindo pênalti, mas o árbitro Alciney Araújo mandou o lance seguir, para revolta do time da casa.

No segundo tempo o ABC voltou ‘faminto’ pelo primeiro gol da partida. Aos cinco minutos, Netinho recebeu de Marcos Antônio e finalizou para defesa de Luiz Henrique. Depois, aos nove, foi a vez de Levi aproveitar cruzamento na área e finalizar para o gol, mas Raniery salvou quase em cima da linha.

Só que foi o Globo que abriu o placar. Aos 20 minutos, Erick Varão lançou Negueba, que finalizou com a perna esquerda e foi às redes. Só que o ABC respondeu imediatamente. Levi foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Éderson cobrou, o goleiro Luiz Henrique defendeu e na sequência Helitão deixou tudo igual no marcador.

Precisando de mais um gol para levar a decisão para os pênaltis, o ABC se lançou no ataque e o Globo se fechou na defesa esperando o apito final. Prevaleceu a raça do time de Ceará-Mirim, campeão pela primeira vez do Estadual.


Fonte: Futebol Interior