Filmes que exaltam o Nordeste para você conferir no feriado de São João – Coisa de Cinéfilo


Estamos em pleno feriado de São João, mas a pandemia não nos deixou ter as tradicionais festas juninas, cheias de forró, licor, amendoim, milho e muita cultura! Uma tradição do Nordeste, a festa de São João é até comemorada no restante do país, mas a fogueira fica mais quente por aqui, com muito arrasta-pé.

E já que não vamos poder dançar e celebrar como gostamos, a ideia é aproveitar a folguinha em casa mesmo, com a família e sem aglomeração. Pensando nisso, o Coisa de Cinéfilo selecionou alguns filmes nacionais que exaltam a história do Nordeste, para valorizarmos ainda mais as nossas raízes e nossa cultura.

Claro que todos eles estão disponíveis em streamings para facilitar a sua busca. Vale sempre lembrar que a Globoplay é uma excelente plataforma para produções nacionais e costuma ter o acervo mais completo do tipo.

Mas vamos ao que interessa! Confira filmes que exaltam o Nordeste para você conferir neste feriado de São João!

O Auto da Compadecida | Foto: reprodução

O Auto da Compadecida (2000) – Telecine Play/ Globoplay

Baseado na peça do pernambucano Ariano Suassuna, este filme é um dos longas nacionais mais vistos dos últimos tempos. O roteiro trilha as aventuras da dupla de amigos João Grilo (Matheus Natchergaele) e Chicó (Selton Mello), pobres sertanejos sem eira nem beira que lutam para conseguir trocados, aplicando pequenos golpes em Taperoá, no sertão da Paraíba.

O que eles não poderiam imaginar é que iriam lidar até mesmo com a morte e o inferno, onde chegam a conhecer Nossa Senhora e apelam por suas vidas. O filme é uma comédia muito bem feita e dirigida por Guel Arraes, que mostra um pouco da história do Nordeste e de seu povo.

Aquarius (2016) – Netflix/ Telecine Play/ Globoplay

Com Sônia Braga como protagonista, Aquarius conta a história de Clara, uma viúva aposentada que mora em Recife. Ela lida com o embate de uma construtora que quer comprar todo o seu prédio para demolir e construir um novo empreendimento. Já tendo comprado todos os apartamentos, só o resta o dela, que resiste bravamente.

Enquanto luta pela manutenção de seu lar e sua história, Clara vai vivendo os dilemas das mudanças dos tempos, mostrando ao espectador o quanto aquele edifício tem história que vale a pena ser preservada e contada. É um longa excelente com uma atuação formidável de Braga.

Deus é Brasileiro (2003) – Globoplay

Baseado no conto “O Santo que não Acreditava em Deus”, do baiano João Ubaldo Ribeiro, este filme é uma ótima comédia que conta com Antônio Fagundes no papel principal. Deus está cansado dos erros cometidos pela humanidade e resolve tirar umas férias de seu posto. Para isso, ele terá que encontrar um substituto que faça seu trabalho durante um período. Acreditando na fé forte do brasileiro, resolve buscar nas nossas terras o quase santo que ocupe seu posto.

No caminho, acaba encontrando com Taoca (Wagner Moura), que vê aquela oportunidade de guiar Deus na busca por seu substituto como uma chance de resolver seus problemas financeiros. Enquanto buscam Quinca das Mulas, o candidato, eles percorrem o interior do Nordeste passando por belíssimas paisagens.

Bacurau (2019) – Telecine Play/ Globoplay

Este filme de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles bombou em 2019 e mostra a história de um pequeno povoado no sertão de Pernambuco que descobre que foi extinto dos mapas. A população começa a observar pequenas estranhezas na região, como drones sobrevoando as casas, matanças sem sentido, estrangeiros chegando na cidade sem um propósito.

Quando se dão fala que o político local está compactuando com tudo que vem acontecendo na cidade e em meio a ameaça iminente, os moradores resolvem se unir para se proteger e atacar os inimigos.

O filme foi super premiado em diversos festivais nacionais e internacionais, incluindo a aclamada Palma de Ouro Festival de Cannes.





Fonte: iBahia