Goleiro consegue rescisão e Vasco terá que pagar R$ 1 milhão


Brasileiro

Goleiro consegue rescisão na Justiça e Vasco terá que pagar R$ 1 milhão

Jordi entrou na Justiça em julho de 2020, mas conseguiu liminar em agosto e, com isso, se transferiu para Portugal

Publicado em 03/06/2021
por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 03 (AFI) – Depois de quase um ano, o goleiro Jordi finalmente conseguiu rescindir seu contrato com o Vasco. O juiz substituto José Alexandre Cid Pinto Filho, da 38ª Vara do Trabalho do Rio confirmou a rescisão e ainda determinou que o clube pague R$ 1 milhão ao jogador.

Jordi entrou na Justiça em julho de 2020, mas conseguiu liminar em agosto e, com isso, se transferiu para Portugal para defender o Paços de Ferreira, onde já fez 34 jogos.

SEM ACORDO
Houve tentativa de acordo, mas a negociação não prosseguiu com a troca de diretorias do Vasco.

Na temporada, o Vasco tem como principal objetivo retornar à elite do Campeonato Brasileiro, mas estreou com derrota, por 2 a 0, para o Operário-PR na Série B. Na Copa do Brasil, está na terceira fase e venceu o primeiro jogo diante do Boavista-RJ por 1 a 0.


Fonte: Futebol Interior