Jogadores da Seleção forçam boicote e não querem jogar a Copa América


Eliminatórias – América do Sul

Jogadores da Seleção forçam boicote e não querem jogar a Copa América

Os principais líderes do atual elenco brasileiro não estão satisfeitos com a forma que foi conduzida a escolha do Brasil como sede

Publicado em 03/06/2021
por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 03 (AFI) – Apesar do clima descontraído na Granja Comary que é publicado nas redes sociais da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), os últimos dias do elenco da Seleção Brasileira com a comissão técnica não tem sido nada leve. Isso porque os jogadores tem insistido que não querem disputar a Copa América.

Os principais líderes do atual elenco brasileiro não estão satisfeitos com a forma que foi conduzida a escolha do Brasil como sede da competição. O entendimento é que o país não está preparado para receber o torneio, principalmente por ser um dos países que mais enfrentam problemas com a pandemia da COVID-19.

Alguns jogadores se reuniram com os dirigentes da CBF e comissão técnica de Tite para expor a insatisfação e o desejo de não entrar em campo na Copa América. A cúpula da entidade tenta reverter o posicionamento, o que é bem difícil neste momento.

Tite convive com clima tenso na Granja Comary

Tite convive com clima tenso na Granja Comary

Na noite desta quinta-feira, o técnico Tite despistou sobre o assunto em entrevista coletiva. Preferiu não expor a insatisfação dos jogadores e o desejo de não atuar na Copa América.

É provável que nos próximos dias novas reuniões aconteçam, sendo incerto o que deverá acontecer na Copa América.

Em meio a esta insatisfação, a Seleção Brasileira entrará em campo nesta sexta-feira para enfrentar o Equador às 21h30, no Beira-Rio, em Porto Alegre. A partida é válida pela sétima rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo.

CONFIRA O QUE TITE FALOU SOBRE A POLÊMICA DA COPA AMÉRICA:


Fonte: Futebol Interior