Jogadores de Bahia e Ceará recebem punições pesadas por briga


Copa do Nordeste

Jogadores de Bahia e Ceará recebem punições pesadas por briga na Copa do Nordeste

O julgamento foi realizado na manhã desta quarta-feira pela Terceira Comissão Disciplinar do STJD

Publicado em 02/06/2021
por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 02 (AFI) – Os jogadores envolvidos na confusão generalizada na final da Copa do Nordeste se deram mal no julgamento realizado na manhã desta quarta-feira pela Terceira Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Suspensos preventivamente por um mês, o lateral-direito Nino Paraíba (Bahia) e o atacante Steven Mendoza (Ceará) foram punidos com sete e oito jogos de suspensão, respectivamente. O jogador tricolor já cumpriu dois e o atleta alvinegro cumpriu apenas um.

As punições não param por aí. Pelo Bahia, o volante Juninho e o meia Daniel pegaram seis partidas de gancho. No Ceará, o lateral-direito Gabriel Dias também pegou seis e o atacante Jael levou sete jogos de suspensão.

Os punidos vão desfalcar seus times no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil, que são competições organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), assim como a Copa do Nordeste.

Nino Paraíba e Steven Mendoza receberam punições pesadas (Foto: Thiago Gadelha/SVM)

Nino Paraíba e Steven Mendoza receberam punições pesadas (Foto: Thiago Gadelha/SVM)

VOCÊ SE LEMBRA?
O Bahia conquistou o título da Copa do Nordeste no dia 8 de maio ao levar a melhor sobre o Ceará nos pênaltis, depois de ganhar por 2 a 1 no tempo normal, na Arena Castelão, em Fortaleza. No jogo de ida, realizado no Pituaçu, em Salvador, o Vozão venceu por 1 a 0.

Após a partida na Arena Castelão, jogadores dos dois times protagonizaram cenas lamentáveis no gramado, com trocas de socos e pontapés entre os jogadores.


Fonte: Futebol Interior