Juliana Paes critica machismo na CPI e defende a médica Nise Yamaguchi: ‘show de horrores’


Nesta quarta-feira (2), a atriz Juliana Paes usou as redes sociais para se pronunciar sobre a CPI da Covid. A global demonstrou apoio à medica Nise Yamaguchi, que foi ouvida pela comissão durante a última terça-feira (1). Durante seu depoimento, a médica foi interrogada diversas vezes pelo senador Otto Alencar. 

Na postagem feita por Juliana nos stories do Instagram, a conduta de Otto e de outros políticos presentes na CPI foi questionada. “Show de horror e boçalidade na CPI da Covid”, escreveu. A atriz ainda completou: “Certa ou errada, não importa […] Mulher merece respeito em qualquer lugar!”. Veja stories postado:

Atriz postou stories no Instagram nesta quarta-feira (2) | Reprodução: Instagram

Após a publicação, a artista foi duramente criticada nas redes sociais, pois a médica ouvida na CPI é uma das grandes defensoras do uso da cloroquina e do tratamento precoce – medicamentos que não têm eficácia contra a covid-19. 

Confira reação da internet:





Fonte: iBahia