Padre acusado de portar cocaína em parte íntima é preso por jogar ácido em bispos


Um padre ortodoxo grego foi preso após jogar ácido no rosto de sete bispos em Atenas (Grécia). O religioso de 37 anos também é acusado de esconder 1.8 g  de cocaína nas partes íntimas. O caso ocorreu nesta quarta-feira (23). As informações são do jornal ‘Ta Nea’.

Três bispos continuam internados em estado grave. O religioso também teria provocado queimaduras em dois advogados e um policial que tentou conter a situação. O ministro da Saúde da Grécia, Vasilis Kikilias, descreveu o episódio como “sem precedentes e trágico”.

O ataque aos bispos aconteceu durante uma sessão no monastério Petraki, para um processo sobre o porte da cocaína. Na ocasião, o religioso afirmou usar a droga e, com a possibilidade de ser afastado definitivamente do sacerdócio, partiu para o ataque.





Fonte: iBahia