PARAIBANO: Sousa bate o São Paulo Crytal e está na decisão do Estadual


Paraibano

PARAIBANO: Sousa bate o São Paulo Crytal e está na decisão do Estadual

Com gol solitário de Rony Lobo no início do segundo tempo, Sousa faz segundo tempo seguro e aguarda vencedor de Botafogo x Campinense

Publicado em 01/06/2021
por Agência Futebol Interior

Sousa, PB, 1 (AFI) – Nesta tarde de terça-feira, Sousa e São Paulo Crytal se enfrentaram no estádio Marizão, às 16h, em confronto válido pela semifinal do Campeonato Paraibano. Graças ao gol de Rony Lobo, o Sousa venceu por a 1 a 0 e está na final do campeonato.

O Dinossauro, agora aguarda o outro finalista que sairá do confronto que acontece amanhã entre Botafogo e Campinense, às 20h30, no estádio Almeidão.

O zagueiro Rony Lobo comemora o primeiro gol no campeonato - Foto: Max Oliveira

O zagueiro Rony Lobo comemora o primeiro gol no campeonato – Foto: Max Oliveira

O JOGO

A primeira etapa não foi nada movimentada, ambas as equipes fizeram um jogo truncado sem criatividade no ataque. A primeira chance aconteceu somente aos 21 minutos em cobrança de falta da equipe do São Paulo. Guilherme bateu bela falta no ângulo de Ricardo, que fez ótima defesa e mandou a bola para escanteio. O Sousa respondeu somente aos 33 minutos, após Liniker cobrar escanteio do lado esquerdo, e Daniel Costa cabecear para o chão, perto da meta defendida por Nunes.

ATAQUE DE ABELHAS

Aos seis minutos da primeira etapa, em enxame de abelhas chegou ao campo. Todos os jogadores deitaram no gramado, a partida ficou paralisada por poucos minutos e o jogo recomeçou normalmente.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final, o Sousa começou o jogo em um ritmo muito acelerado. Com apenas um minuto de jogo, acertou a trave. Rodrigo Poty recebeu e bateu mascado dentro da área, a bola pegou na trave. E com apenas um minuto depois, o Dinossauro abriu o placar, Liniker fez belo cruzamento e Rony Lobo subiu sozinho para testar firme para o fundo do gol.

Após sofrer um gol logo no início, o São Paulo foi para cima e buscou o gol de empate ao longo de toda a segunda etapa. A melhor delas veio aos 26 minutos com Biro Biro, que tentou cruzar e quase surpreendeu o goleiro Ricardo. Aos 33 minutos, Gustavo fez o goleiro trabalhar novamente em bela finalização. O Dino quase matou o jogo aos 48 minutos, Arisson recebeu dentro da área e finalizou na trave. No rebote, Daniel Costa bateu, mas Gustavo salvou em cima da linha.

Mesmo com os sete minutos de acréscimos e a pressão final, o São Paulo não conseguiu chegar ao gol de empate e foi eliminado nas semifinais.


Fonte: Futebol Interior