Primavera e Linense duelam no jogo de ida da final do Paulista A3


Paulista

Primavera x Linense – Quem irá largar na frente na busca pelo título do Paulista A3?

As duas equipes se encontram no jogo de ida nesta quarta-feira (09), às 15h, no Estádio Ítalo Mário Limongi, em Indaiatuba

Publicado em 08/06/2021
por Agência Futebol Interior

Indaiatuba, SP, 08 (AFI) – Apesar da diferença de tempo longe da Série A2, o acesso foi muito comemorado em ambos os lados, para o Primavera que irá retornar depois de longos 34 anos e para o Linense que volta após dois, mas agora é hora de ‘virar a ficha’ e focar na grande final do Campeonato Paulista da Série A3. As duas equipes se encontram no jogo de ida nesta quarta-feira (09), às 15h, no Estádio Ítalo Mário Limongi, em Indaiatuba.

O jogo de volta, no qual um dos dois times irá levantar a taça, será no sábado (12), às 18h, no estádio Gilbertão, em Lins. Dono da melhor campanha entre os dois finalistas, contando os pontos da primeira fase e do mata-mata, o Linense tem a vantagem de jogar pelo empate no placar agregado. Ao Primavera resta a vitória para ficar com o título.

CAMPANHAS
O Linense chegou ao mata-mata após se classificar com a quinta melhor campanha da primeira fase com 24 pontos. Ao todo, foram sete vitórias, três empates e cinco derrotas, com 21 gols a favor e 18 contra. Nas quartas de finais, o time de Lins foi superado pelo São José por 1 a 0, em Lins, mas buscou a classificação na casa do rival ao vencer por 3 a 1.

Nas semifinais, o Elefante empatou sem gols como mandante e mais uma vez buscou a classificação e consequentemente o acesso longe de seus domínios. O clube do interior venceu pelo placar mínimo e confirmou o acesso à Série A2 de 2022.

Depois de conquistar o tão sonhado acesso, o Primavera só pensa no título

Depois de conquistar o tão sonhado acesso, o Primavera só pensa no título

Já o Primavera foi dono da sétima melhor campanha na primeira fase, onde somou 23 pontos com um total de seis viórias, cinco empates e quatro derrotas, com 17 gols a favor e 14 contra. Nas quartas de finais, o time de Indaiatuba fez o dever de casa contra o Barretos e venceu por 2 a 1. Na volta, uma igualdade por 1 a 1 confirmou a vaga.

Nas semifinais, o time de Indaiatuba empatou por 2 a 2, em Indaiatuba e buscou a classificação em Votuporanga, com uma vitória por 1 a 0, que decretou o acesso à Série A2 da próxima temporada.

PRIMAVERA
Para essa partida decisiva, o técnico Ademir Fesan surpreendeu e mesmo sem desfalques indiciou que fará mudanças no time titular do Primavera para preservar a condição física dos jogadores. Entretanto, não revelou em quais setores irá fazer mudanças.

“Alguns jogadores estão desgastados e a ideia é jogar com um time misto, pelo menos neste primeiro jogo. Mas todos no elenco estão preparados e entrarão com confiança para desempenharem o papel”, garantiu.

O técnico também comentou sobre a preparação para final, destacando o clima leve no elenco após o acesso. “O ambiente ficou leve, um sentimento de dever cumprido, embora vamos jogar para vencer a final e coroar a campanha com o título. Esse grupo se comprometeu desde o início e trabalhamos muito para alcançar o acesso. Foram fatores fundamentais para conquistar o objetivo”, analisou.

Linense encerrou sua preparação e já viajou rumo a Indaiatuba

Linense encerrou sua preparação e já viajou rumo a Indaiatuba

LINENSE
Do outro lado, o técnico Edson Só irá escalar o Linense com força máxima, já que não terá desfalques por suspensão e por isso, irá repetir a escalação titular do jogo de volta das semifinais. Ele terá o retorno do lateral-esquerdo Willian e do volante Maycon Lucas, que se recuperaram de lesões musculares que o tiraram das últimas partidas e vão ficar como opções no banco de reservas. O treinador afirmou que sabe que será um confronto equilibrado e que mesmo se a taça não vier, o sentimento é de ‘dever cumprido’.

“Após o acesso, a equipe ganhou muita força e confiança, acima de tudo. Acredito que será um jogo parelho, equilibrado e com as duas equipes chegando com muita moral para esta final. Conhecemos bem o adversário, não fomos bem contra eles na primeira fase, mas neste momento, a equipe atingiu o ponto mais alto do rendimento e acredito que a equipe tem força e potencial para ganhar este título, embora entendamos que o jogo deve ser equilibrado”, disse o comandante, que ainda completou.

“O objetivo inicial era o acesso, mas a partir do momento que chegamos à final, a equipe demonstrou que tem potencial para buscar o título. Caso não venha, acredito que a missão está cumprida, pois o grande objetivo da equipe nesta competição era o acesso”.


Fonte: Futebol Interior