Seleção FI da 5ª rodada da Série C tem líderes como destaques e chega no 4-3-3


Campinas, SP, 28 (AFI) – Conforme as rodadas vão passando, a briga pela liderança e pelo G4 do Campeonato Brasileiro da Série C fica ainda mais aquecida. Prova disso, é que nesta quinta rodada, os grandes destaques da Seleção FI são os dois líderes: Manaus-AM e Criciúma-SC e também tem representantes de vários times que estão na parte de cima da tabela.

O Manaus, que lidera o Grupo A, venceu a Tombense em um duelo apertado por 2 a 1 e colocou três representantes entre os melhores da rodada: o lateral-esquerdo Dudu Mandai, o volante Gabriel Davis e o atacante Vanilson. Já o Criciúma, que é o único time invicto até aqui e está isolado na ponta do Grupo B tem como representante, o técnico Paulo Baier que vem fazendo uma grande campanha à frente da equipe catarinense e nesta final de semana venceu o Novorizontino por 1 a 0.

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 5ª RODADA DA SÉRIE C:
Geaze (Santa Cruz-PE);
Alex Murici (Paraná-PR), Denílson (Paysandu-PA), Léo Santos (Ituano-SP) e Dudu Mandai (Manaus-AM);
Gabriel Davis (Manaus-AM), Juninho (Botafogo-PB) e Gustavo Xuxa (Botafogo-SP);
Reis (Paraná-PR), Thiaguinho (Jacuipense-BA) e Vanilson (Manaus-AM).
Técnico: Paulo Baier (Criciúma-SC).

CONFIRA COMO FOI AS ATUAÇÕES DE CADA JOGADOR:
​Goleiro:
Geaze (Santa Cruz-PE) –
Lanterna de seu grupo e ainda sem vencer, o Santa Cruz tem motivos para, ainda assim, celebrar o seu último jogo. Desfalcado de 11 jogadores diante do Volta Redonda, o Tricolor conquistou um importante ponto no Raulino de Oliveira. O empate veio, em grande parte, pela grande atuação do goleiro Geaze. Em grande atuação, ele fez defesas difíceis evitou um provável revés.

Lateral-direito:
Alex Murici (Paraná-PR) –
O Paraná foi muito bem na vitória sobre o São José, por 3 a 1, e contou com boa apresentação do lateral Alex Murici para somar os três pontos. Foi do jogador o segundo gol, quando o goleiro Fábio Rampi saiu jogando errado, entrou a bola em seus pés e finalizou por cobertura. Um belo gol na Vila Capanema. Foi a primeira vtiória do tricolor paranaense no campeonato.

Zagueiro:
Denílson (Paysandu-PA) –
Seguro lá atrás, Denílson não só coordenou o sistema defensivo, como ainda ajudou o ofensivo. Foi dele o gol que selou a vitória do Paysandu fora de casa contra o Floresta.

Zagueiro:
Léo Santos (Ituano-SP) –
Contratado pelo Cruzeiro, o zagueiro Léo Santos se despediu do Ituano com estilo na vitória do duelo paulista contra o Mirassol, pelo placar de 2 a 1, que recolocou o Galo de Itu na briga pelo G4 do Grupo B. Xerife da defesa tricolor, o zagueiro foi mais uma vez impecável nos desarmes e não deixou o adversário chegar muitas vezes com perigo.

Lateral-esquerdo:
Dudu Mandai (Manaus-AM) –
Dudu Mandai foi um verdadeiro garçom na vitória do Manaus por 2 a 1 sobre o Tombense. Muito importante ofensivamente, o lateral cruzou para Gabriel Davis abrir o placar, ainda na primeira etapa e deu sua segunda assistência na partida aos 32 do segundo tempo, quando deixou Vanilson na cara do gol para fazer o segundo do Gavião e dar números finais à partida.

Volante:
Gabriel Davis (Manaus-AM) –
Importante defensivamente e no setor de criação no meio de campo do Manaus, o volante Gabriel Davis foi importantíssimo para o Gavião na vitória por 2 a 1 contra o Tombense neste sábado. Foi dos pés dele que o time amazonense o placar, aos 22 minutos do primeiro tempo, em um belo gol, aproveitando o cruzamento de Dudu Mandai.

Meia:
Juninho (Botafogo-PB) –
Apesar de não ter balanças as redes no jogo de abertura da quinta rodada ainda na noite de sexta-feira, o meia Juninho foi um dos destaques do Botafogo-PB na vitória sobre o Altos, pelo placar de 2 a 0, que manteve a equipe no G4 do Grupo A. O meio-campista foi bem na articulação da equipe e deu outra dinâmica na ligação entre o setor defensivo e ofensivo.

Meia:
Gustavo Xuxa (Botafogo-SP) –
O Botafogo-SP encerrou uma sequência de dois jogos sem vitória ao vencer o Oeste, por 1 a 0, no Santa Cruz. O melhor jogador em campo foi o meia Gustavo Xuxa, autor do gol tricolor e quem mais tentou algo a mais dentro de campo. O resultado positivo recolocou o Botafogo-SP no G4 do Grupo B.

Atacante:
Reis (Paraná-PR) –
A Série C é uma competição em que geralmente os centroavantes se destaca E o Paraná conta com Reis, que voltou a marcar na manhã deste sábado na vitória sobre o São José, por 3 a 1, na Vila Capanema. Logo no início da partida, o jogador aproveitou rebote do goleiro e mostrou seu faro de gol para estufar as redes.

Atacante:
Thiaguinho (Jacuipense-BA) –
O Jacuipense acertou ao recontratar Thiaguinho. O atacante foi incansável em campo. O melhor disparado. Correu praticamente o jogo todo e ainda foi o responsável por marcar o gol que deu a primeira vitória aos baianos. Mostrou oportunismo ao aparecer atrás da zaga e do goleiro para estufar o barbante.

Atacante:
Vanilson (Manaus-AM) –
Artilheiro do Manaus e da Série C, Vanilson fez o que está acostumado no Gavião: ser decisivo. Apagado na primeira etapa, o atacante apareceu no momento certo, aos 32 minutos do segundo tempo, para fazer o segundo do Manaus e decretar a vitória do Gavião sobre o Tombense, após bom cruzamento de Dudu Mandai.

Técnico:
Paulo Baier (Criciúma-SC) –
Depois do rebaixamento no Campeonato Catarinense, o Criciúma parece outra equipe nas mãos de Paulo Baier. Com o novo comandante, que está no cargo desde o inicio da Série C, o time catarinense é a única equipe ainda invicta após cinco rodadas disputadas. Neste final de semana, recebeu e venceu o Novorizontino, pelo placar de 1 a 0 com dedo do treinador.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior