Sylvinho tem o pior início entre os técnicos do Corinthians desde 2018


Brasileiro

Sylvinho tem pior início desde 2018; Fica atrás de “estagiário” e ganha de ex-Bugre

Sylvinho ostenta aproveitamento de apenas 33,3% – são duas derrotas, dois empates e apenas uma vitória

Publicado em 14/06/2021
por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 14 (AFI) – É bom a Fiel Torcida se preparar para o pior. O início do técnico Sylvinho é o pior desde a largada de Osmar Loss no Corinthians em 2018. Os números do ex-lateral são assustadores. O Corinthians vem de empate, por 1 a 1, com o Palmeiras no Allianz Parque pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Sylvinho ostenta aproveitamento de apenas 33,3%. São duas derrotas, dois empates e apenas uma vitória, além de dois gols marcados e quatro tomados. Tal desempenho só é superior ao de Osmar Loss. O ex-técnico do Guarani comandou o Corinthians em 2018 e obteve um triunfo, um empate e três derrotas (26,6%).

Muita teoria e pouco prática. (Foto: Rodrigo Coca / Corinthians)

Muita teoria e pouco prática. (Foto: Rodrigo Coca / Corinthians)

O atual treinador do Corinthians consegue ficar atrás até mesmo do “estagiário” Jair Ventura que, hoje, comanda a Chapecoense e ainda não venceu. A largada de Jair Ventura registrou 53,3% com duas vitórias, dois empates e uma derrota. Fábio Carille e Tiago Nunes começaram com 46,6% cada.

“Acredito que é muito bonito de ver a entrega dos atletas. Não é uma evolução somente coletiva, mas é individual, de organização, de entrega, sempre vou falar isso. Vi nos olhos dos atletas e eles realmente querem. Mesmo tomando um gol na casa do adversário tivemos uma cabeça boa, mantivemos a calma. Acredito que esse processo de evolução, buscar esse padrão, conexões, entregas, tem muita coisa e leva tempo. Estamos trabalhando para que isso vire um padrão de time”, disse Sylvinho após o clássico.

DE DAR MEDO!
O ex-lateral comandou o Corinthians em cinco jogos e venceu apenas uma vez – 1 a 0 sobre o América-MG no Brasileirão -, além de ter empatado duas – 0 a 0 na eliminação para o Atlético-GO na Copa do Brasil e 1 a 1 com o Palmeiras no Brasileirão – e perdido duas – ambas para o Atlético-GO (1 a 0 na Série A e 2 a 0 na Copa BR). Aproveitamento de 33,3%.

O retrospecto atual reflete muito bem a carreira de Sylvinho como técnico. O ex-pupilo de Tite soma 16 jogos na carreira com quatro vitórias, seis empates e seis derrotas. Desempenho de 37,5%. Além do Corinthians, o Lyon também sofreu com o ex-jogador.

TIAGO NUNES, EX-CORINTHIANS!

DECEPÇÃO!
Em 2019, ele realizou míseros 11 jogos com apenas três vitórias, quatro empates e quatro derrotas. O início do brasileiro no Francês repetiu a temporada 1995/96. Sylvinho foi demitido e, desde então, ficou sem clube até acertar com os paulistas.


Fonte: Futebol Interior