Técnico argentino multicampeão entra no radar do futebol brasileiro


Brasileiro

Técnico argentino multicampeão entra no radar do futebol brasileiro

Gustavo Costas, ex-jogador do Racing Club, deixou recentemente o Guarani, do Paraguai e quer trabalhar no Brasil

Publicado em 11/06/2021
por Grande Área

Campinas, SP, 11 (AFI) – O Campeonato Brasileiro Série A tem sequência neste final de semana com a terceira rodada. Dos 20 clubes que disputam a competição, cinco tem em seus comandos técnicos estrangeiros. O Fortaleza com o argentino Juan Pablo Vojvoda, Internacional com o espanhol Miguel Angel Ramirez, São Paulo com o argentino Hernan Crespo, Palmeiras com o português Abel Ferreira e Athletico-PR com o também português António Oliveira.

Com mercado brasileiro apostando em técnicos estrangeiros, o argentino Gustavo Costas ex-jogador do Racing Club do seu país deixou recentemente o Guarani, do Paraguai, quando iria completar neste 11 de junho dois anos no comando. Se despediu do clube em 28 de maio após vencer o Cerro Porteño por 2 a 0, pela 10ª rodada do Campeonato Paraguaio e chegou a ser homenageado pelos 100 jogos no clube.

Com 58 anos de idade e 22 de carreira, Gustavo Costas comandou o Guarani, do Paraguai, na Libertadores de 2020 e foi carrasco do Corinthians, após vencer em Assunção por 1 a 0 em jogo válido pela segunda fase preliminar. No jogo de volta perdeu por 2 a 1, mas se classificou para outra fase chegando às oitavas de final sendo eliminado pelo Grêmio.

O treinador que tem no seu currículo vários títulos na maioria dos clubes que comandou, no total são 10 clubes, mas tem um ótimo feito, pois se sagrou campeão nacional em 04 países diferentes: Paraguai, Equador, Colômbia e Peru.

CONVERSAS NO BRASIL

Com ótimos trabalhos em campeonatos estaduais, nacionais e Libertadores, Gustavo Costas esteve perto de assumir clube brasileiro no início de 2021. Houve pelo menos duas conversas de seu agente, Miguel Gareppe que representa o comandante aqui no Brasil.

“O Gustavo Costas vem realizando grandes trabalhos nos clubes no qual tem passado com quatro títulos nacionais em quatros países diferentes então o nome dele tem uma boa aceitação no Brasil. Tivemos duas conversas com dois grandes clubes do futebol brasileiro, mas acabou não avançando. Agora ele está livre no mercado e com grande desejo de trabalhar no Brasil”, disse o agente brasileiro Miguel Gareppe.

CARREIRA

Ex-zagueiro do Racing, da Argentina, o técnico Gustavo Costas encerrou a carreira de atleta em 1997 jogando pelo Gimnasia Jujuy, da Argentina, e seu primeiro trabalho como técnico foi justamente no seu clube de coração o Racing em 1999.

acabou livrando a equipe do rebaixamento e após deixar o clube ele comandou times em 04 países diferentes. no Peru comandou o Alianza, foi bicampeão nacional, no Paraguai no Cerro Porteño, na Colômbia, pelo Santa Fé e no Equador pelo Barcelona.

TÍTULOS

O treinador em seus 22 anos de carreiras conquistou 14 títulos. Na Colômbia comandando o Independiente Santa Fé ele se tornou o técnico com maior números de títulos na história do clube. Foram 05 títulos: duas Liga da Colômbia, duas Super Liga e um Campeonato Internacional Suruga Bank.

No Paraguai no comando do Cerro Porteño foi bicampeão Torneio Clausura, campeão Torneio Apertura. No Equador, pelo Barcelona, foi campeão Equatoriano após longos 15 anos. No Peru comandando o Alianza foi Bicampeão Nacional, campeão Clausura e campeão Apertura, além de títulos pelo Al Nassr, da Arabia Saudita, campeão da Copa Abu Dhabi.


Fonte: Futebol Interior