21.8 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Tópicos importantes sobre o Mar de Bering 


O Mar de Bering está localizado no Oceano Pacífico, na parte norte do globo entre a Ásia e a América do Norte, mais precisamente entre o Alasca (leste) e a Sibéria (oeste). 

Por isso, toda a atividade desenvolvida no Mar de Bering acaba controlada pelos russos e pelos norte americanos. 

A saber, o mar tem esse nome em homenagem ao navegador e explorador dinamarquês Vitus Jonassen Bering (1680 – 1741) devido à sua exploração no local em 1728. 

Questões sobre o Mar de Bering poderão surgir em questões do Enem e demais vestibulares. Por isso acompanhe o artigo e saiba mais sobre o assunto! 

Principais características do Mar de Bering

O Mar de Bering possui uma área estimada em 2300 milhões de km² e uma profundidade de até 4000 metros. Desse modo, trata-se de um dos mares mais gelados e perigosos do planeta Terra. 

Na sua parte mais estreita está localizado o “Estreito de Bering” um canal marítimo com mais de 80 km de comprimento separando a Ásia e a América do Norte. 

Ele também compreende a Baía de Bristol e o Golfo Norton no Alasca e o Golfo Anadyr na Sibéria. Além disso, recebe água dos rios Yukon na parte americana e Anadyr na parte russa. 

A principal atividade econômica da região do Mar de Bering é a pesca e conta com diversas espécies. Ademais, possui uma enorme biodiversidade marinha. 

Todavia, vale destacar que a atividade pesqueira só ocorre em uma parte do ano, pois na maior parte do período o Mar de Bering está coberto por gelo. 

A saber, no inverno a região pode atingir até -45°C e no verão continuar a apresentar temperaturas negativas. 

O Mar de Bering também compreende algumas ilhas, as principais são:

  • Diomedes;
  • São Lourenço;
  • São Mateus;
  • Karaginsky; 
  • Nunivak;
  • Entre outras. 

Problemas ambientais

O Mar de Bering fica próximo ao Oceano Ártico e por isso também acaba atingido pelo Aquecimento Global. Desse modo, há o derretimento de gelo aumento ano após ano, assim como o nível das suas águas. 

Como resultado, acontece o desequilíbrio das espécies que vivem nele. Além disso, a pesca excessiva e predatória tem aumentado o problema na região. 

Por fim, devido a poluição das suas águas por conta do uso de produtos químicos e resíduos orgânicos têm corroborado com o desequilíbrio ambiental. 

E então, gostou de saber um pouco mais sobre o Mar de Bering?

Não deixe de ler também – Mar Cáspio: Tópicos que podem cair nas provas. 

Fonte: Notícias Concursos