Vasco da Gama vira sobre Brasil de Pelotas e vence a 1ª na Série B


Brasileiro

Brasil 1 x 2 Vasco – Virada relâmpago dá a 1ª vitória ao Gigante da Colina

Daniel Amorim empatou aos 34 e Morato virou aos 37 minutos do segundo tempo

Publicado em 12/06/2021
por Agência Futebol Interior

Pelotas, RS, 12 (AFI) – O Vasco contou com a força do banco de reservas para conseguir sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série B. Com gols de Daniel Amorim e Morato, o time cruzmaltino ganhou de virada do Brasil, por 2 a 1, no Estádio Bento Freitas, pela terceira rodada.

A primeira vitória tirou o Vasco da zona de rebaixamento e o colocou na décima colocação, com quatro pontos. Por outro lado, o Brasil caiu para o 18º lugar, com apenas um ponto conquistado em três jogos.

VEJA MELHORES MOMENTOS

Espaço incorporado por HTML (embed)

%3Ciframe%20width=%22560%22%20height=%22315%22%20src=%22https://www.youtube.com/embed/-ktmfUe4ku8%22%20title=%22YouTube%20video%20player%22%20frameborder=%220%22%20allow=%22accelerometer;%20autoplay;%20clipboard-write;%20encrypted-media;%20gyroscope;%20picture-in-picture%22%20allowfullscreen%3E%3C/iframe%3E

QUE VACILO
Quem esperava um Vasco mais leve depois da classificação na Copa do Brasil no meio de semana se enganou. Logo aos dez minutos de jogo, Galarza escorregou e foi desarmado por Welinton, que foi até a linha de fundo e cruzou. A bola acertou em Ernando e surpreendeu Vanderlei.

O Vasco sentiu bastante o gol e só fez Matheus Nogueira trabalhar apenas duas vezes durante todo o primeiro tempo, em cabeçada de Cano e chute de Gabriel Pec. Já o Brasil quase aproveitou mais uma falha do sistema defensivo cruzmaltino. Bruno Matias chutou e Ricardo Graça entrou na frente da bola, que tinha endereço certo.

Lance da vitória do Vasco sobre o Brasil (Foto: Carlos Insaurriaga/GEB)

Lance da vitória do Vasco sobre o Brasil (Foto: Carlos Insaurriaga/GEB)

Além das falhas defensivas do Vasco, o que chamou a atenção no primeiro tempo foi o número de cartões amarelos. O Brasil teve quatro jogadores punidos, enquanto Léo Jabá e Michel ficaram pendurados do lado cruzmaltino.

FOI NO SUFOCO
As alterações feitas por Marcelo Cabo no intervalo surtiram efeito e deixaram o Vasco mais agressivo. Mas a zaga continuava falhando. Livre de marcação após desvio de Ramon, Welinton bateu por cima. O empate cruzmaltino quase veio aos 20 minutos.

Léo Jabá cruzou rasteiro e perdeu a chance de se redimir do gol contra marcado no primeiro tempo ao mandar por cima do travessão. Na sequência foi a vez do Brasil perder uma chance incrível em cabeçada de Ramon para fora. O castigo viria mais tarde.

O Vasco passou a apostar na bola aérea e deu resultado. Aos 34, Daniel Amorim apareceu no meio da área após cobrança de escanteio e deixou tudo igual. Três minutos depois, Marquinhos Gabriel cruzou e Morato cabeceou para virar a partida. O Brasil tentou o empate nos minutos finais, mas não conseguiu evitar a derrota.

CONFUSÃO
Após o apito final do árbitro, membros das duas comissões técnicas se desentenderam, originando uma confusão generalizada.

PRÓXIMOS JOGOS
O Brasil volta a campo na terça-feira, contra o Confiança, às 21h30, na Arena Batistão, em Aracaju-SE, e o Vasco encara o Avaí na quarta, às 19 horas, em São Januário, no Rio de Janeiro-RJ.


Fonte: Futebol Interior