Volta Redonda-RJ x Santa Cruz-PE – Voltaço tenta seguir embalado e Cobra Coral quer sair do Z2


Volta Redonda, RJ, 25 (AFI) – Em alta nas últimas rodadas, com duas vitórias e um empate, o Volta Redonda-RJ volta a campo neste sábado (26) de olho em mais um resultado positivo para seguir na briga pela liderança do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C. Em casa, o time carioca não terá uma missão fácil diante do Santa Cruz, no Estádio Raulino de Oliveira, às 19h, já que o rival ainda busca a primeira vitória para sair da zona de rebaixamento.

Com sete pontos ganhos e um retrospecto de duas vitórias, um empate e uma derrota em quatro jogos, o Volta Redonda é segundo colocado da chave, atrás apenas do Botafogo-PB, que nesta sexta venceu o Altos-PI e chegou aos oito pontos. Já o Santa Cruz aparece na nona colocação, com dois pontos ganhos e um retrospecto de dois empates e duas derrotas.

VOLTA REDONDA
Para a partida, o técnico Neto Colucci tem um desfalque certo para armar o time titular do Volta Redonda-RJ, já que o volante Bruno Barra, que recebeu o terceiro cartão amarelo na rodada passada e está suspenso. Disputam a titularidade: Guilherme Eulálio, Wallisson, Hiroshi e Pedro Thomaz. De qualquer forma, o comandante quer que a equipe mantenha o nível de atuação das últimas rodadas.

“Com todo respeito ao Santa Cruz, que é um time de tradição, vem para tentar vencer e se recuperar na competição, mas dentro do Raulino temos a obrigação de buscar a vitória, que poderá nos deixar na liderança da chave. Por isso, precisamos entrar em campo com a mesma atitude que estamos demonstrando desde a vitória sobre o Manaus”, disse o técnico.

SANTA CRUZ
Do outro lado, o Santa Cruz encerrou a sua preparação com um treino na tarde desta sexta-feira (26), no CT do Botafogo, já que está no Rio de Janeiro desde a última quarta-feira. Mantendo o mistério sobre a escalação, como acontece todas as rodadas, o técnico Roberto Fernandes tem um problema a mais, já que 11 jogadores do plantel testaram positivo para Covid-19, foram afastados e não viajaram.

Destes, quatro são considerados titulares: goleiro Jordan, o zagueiro William Alves, o volante Caetano e o meia Rondinelly. Na meta, como o reserva direto Marcão também testou positivo, os jovens Geaze e Jaime estão disputando a titularidade. O comandante falou sobre essas baixas e sobre a briga sadia pela titularidade aos jogadores que restaram.

“Nós perdemos três jogadores que iriam iniciar o jogo e sete que estavam convocados. É um impacto, não tenha dúvida. A nossa maior preocupação está no gol, não que a gente não tenha confiança no Jaime ou no Geaze. Mas porque o Geaze está há quase um mês sem treinar porque estava no departamento médico, estava em transição ainda e o Jaime ainda não atuou este ano. E o ritmo de jogo faz diferença”.


Fonte: Futebol Interior