3 tipos de biodiversidade: Conheça para estudar


As espécies, os ecossistemas e a saúde do planeta se beneficiam quando há muita variabilidade em cada nível de biodiversidade.

Maior biodiversidade fornece uma espécie de apólice de seguro para o meio ambiente do planeta; quando ocorre um desastre, a biodiversidade pode ser essencial para a sobrevivência.

Diversidade genética

Diversidade genética refere-se à diversidade do pool gênico de uma determinada espécie, ou diversidade no nível do DNA.

A diversidade genética pode ser inferida a partir da aparência de um animal, mas é determinada com mais precisão por meio de avaliações diretas do DNA de uma espécie.

Populações geneticamente diversificadas estão bem equipadas para lidar com mudanças.

Por exemplo, se uma doença mortal atinge uma população, altos níveis de diversidade genética aumentam a probabilidade de que haja membros da população menos afetados pela doença. Ao proteger uma parte da população, a diversidade genética pode evitar que a população se extinga.

Diversidade de espécies

A diversidade de espécies não se baseia apenas no número de diferentes espécies presentes em uma comunidade, mas também na abundância relativa de cada espécie e no papel que desempenham na comunidade.

Você Pode Gostar Também:

Por exemplo, uma comunidade pode ser composta de muitas espécies diferentes, mas pode ter apenas um predador que persegue uma determinada espécie de presa.

Quando os níveis populacionais do predador são saudáveis, o número da população de suas presas permanece em um nível que a comunidade pode controlar.

No entanto, se a população do predador encolher repentinamente, a população da espécie de presa pode explodir em resposta, levando-a a consumir em excesso sua própria presa e gerar um efeito cascata que abala toda a comunidade.

Em vez disso, se uma comunidade tem mais diversidade de espécies, pode ter vários predadores que perseguem a mesma presa. Então, se uma população de predadores sofre uma mudança repentina, a comunidade fica protegida dos efeitos desestabilizadores a jusante.

Diversidade do ecossistema

A diversidade do ecossistema refere-se à variabilidade nos habitats dentro de uma área geográfica.

Ao contrário da diversidade genética e da diversidade de espécies, a diversidade do ecossistema considera os vetores biológicos e não biológicos da variabilidade, como temperatura e luz solar.

As áreas com alta diversidade de ecossistemas criam um mosaico geográfico de comunidades que ajudam a proteger uma área inteira de mudanças drásticas.

E então, gostou de conhecer sobre os três tipos de biodiversidade?

Não deixe de ler também – Meio Ambiente: Entenda a Conferência de Estocolmo

Leia Também:

Está “bombando” na Internet:

Fonte: Notícias Concursos