Anvisa propõe suspensão das vacinas da Janssen em grávidas



A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) propôs a suspensão da aplicação das vacinas da Janssen em grávidas. A agência já tinha sugerido a retirada da vacina da AstraZeneca. Dessa forma, em documento publicado nesta sexta-feira (2), a Anvisa recomenda que as gestantes só recebem Coronavac ou Pfizer.

A suspensão foi feita para evitar casos de trombose e formação de coágulos sanguíneos, efeitos adversos considerados muito raros após a vacinação com fórmulas com vetor adenoviral, que é o caso das duas vacinas citadas.

Apesar da recomendação, no novo comunicado a Anvisa reforça a importância a vacinação e que os imunizantes citados são seguros.

“A Anvisa reforça a relação benefício-risco favorável das vacinas contra Covid-19 autorizadas para uso no país, sendo essencial a continuidade da imunização da população”, diz o documento.





Fonte: iBahia