Após 2 meses, viúva de MC Kevin lamenta morte do cantor: ‘Encontre a paz’



Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, resgatou algumas fotos de uma viagem que ela fez com o funkeiro para lamentar a sua ausência. Nesta sexta-feira (16), completou 2 meses que o artista morreu, após cair do quinto andar de um hotel localizado no Rio de Janeiro. As informações são do site Uol.

Em uma rede social, a advogada fez uma montagem de fotos ao lado do marido. “Dois meses sem você e sem esse olhar que me desmontava inteira! Que o nosso Bom Deus cuide da sua alma e que você encontre paz! Descanse meu menino maluquinho”, escreveu

Deolane Bezerra não se deu por satisfeita com o resultado da pericia da morte do funkeiro. Em entrevista recente ao apresentador Sérgio Mallandro, no podcast Papagaio Falante, ela falou que a morte do cantor, na sua opinião, foi um homicídio. Kevin morreu no dia 16 de maio devido à queda do quinto andar de um hotel. A perícia concluiu que a morte do cantor foi um acidente.

“A verdade é que ele foi lá dar uma afogada no ganso. Ele estava bem louco. Bebeu, constou [no laudo] que ele usou droga sintética. Ele não estava em si. O que aconteceu lá, eu não sei, não tenho noção… Só sei que tem três pessoas mentindo. É tudo contraditório. Até o que falaram nos depoimentos e na mídia. Eles se desmentem! (…) Para ser um acidente, não tem que ter maldade. Prefiro ir na linhagem do crime. Um acidente através de uma brincadeira de mau gosto já é maldade. Uma brincadeira sadia, é diferente. Não é brincadeira você estar em um quarto com uma garota de programa e falar ‘Sua mulher chegou aí’ para alguém que está transtornado. Isso não existe. É uma brincadeira que não se cogita”, disse a advogada.





Fonte: iBahia