21.8 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Ariadna Arantes se desespera após novos ataques transfóbicos e exclui conta do Instagram



Aos prantos, a ex-BBB Ariadna Arantes surgiu na internet para desabafar sobre ataques transfóbicos consecutivos que vem recebendo nas redes sociais. “Não aguento mais”, lamentou a influenciadora digital. Na sequência, a famosa decidiu excluir a conta no Instagram e passou a expor sua indignação no Twitter.

“Hoje eu passei o dia inteiro com dor de cabeça, o dia inteiro estressada, cansada, muito cansada, bloqueando as pessoas. Um monte de ataques que eu estou recebendo, eu não aguento mais esse tipo de situação, gente. Um monte de gente indo defender aquele cara que fez aquele vídeo ridículo com a minha foto e a foto do Thammy”, contou a maquiadora no vídeo, que foi excluído junto com seu perfil.

Na sequência, Ariadna afirmou que está cada vez mais decepcionada com o comportamento dos internautas: “O dia inteiro recebendo mensagens de mulheres e de homens que estão me ofendendo, dizendo que eu não sou mulher de jeito nenhum, eu estou muito decepcionada, estou muito triste. Estou tentando ser forte, mas não estou conseguindo”.

 “Eu tento não chorar, mas a cada mensagem que chega está muito difícil. Não estou conseguindo me controlar, passei o dia inteiro trancada porque esses ataques já estão rolando há dias”, completou.

Cabe ressaltar que os ataques se intensificaram após o dono do perfil Papo do Negão compartilhar uma pergunta nos Stories sobre Ariadna e Thammy, mulher e homem trans, respectivamente.

“O mundo acabou! Só tem você, Ariadna (homem) e Thammy (mulher). Quem você pega?”, questionou um seguidor do perfil. O responsável pela conta, no entanto, ficou em silêncio após ler o questionamento. A falta de posicionamento do rapaz acabou resultando em ataques nas redes sociais de Ariadna.

Após deletar sua conta no Instagram, ela voltou a reforçar sua indignação no Twitter. “Eu sinceramente não me sinto apoiada. Não me sinto incluída, abraçada. Só venho sentindo o peso das palavras dessas pessoas. E por religião. E por ser mulher trans. Gente que maldição é essa?”.

Veja:





Fonte: iBahia