Associação Nacional de Clubes de Futebol emite nota sobre o “Dia do Futebol”


Campinas, SP, 19 (AFI) – O Brasil celebra hoje, o Dia Nacional do Futebol, criado em 1976 pela então Confederação Brasileira de Desportos (CBD) hoje CBF, lembrando a fundação do Sport Club Rio Grande, do Rio Grande do Sul, o clube mais antigo em atividade no Brasil, em 19 de julho de 1900. A oportuna data recebe também a comemoração da Associação Nacional de Clubes de Futebol (ANCF).

Para defender os justos anseios dos clubes brasileiros, a ANCF reúne representantes de todas as séries do futebol nacional, exercendo a defesa dos interesses de todos, num processo igualitário e no exercício de uma atividade essencialmente democrática.

Apesar de recém instalada, a Associação Nacional de Clubes de Futebol já conta com 24 filiados que representam 13 estados da Federação.

Várias conquistas já se somaram ao esforço conjunto dos clubes, as mais recentes ainda bem vivas na memória de todos: A Lei que possibilita a criação do clube-empresa, que está para ser promulgada pelo Presidente da República e a chamada Lei do Mandante, com expressiva votação na Câmara dos Deputados, que aguarda apenas a sua confirmação pelo Senado Federal.

Ciente de que muito ainda há por ser conquistado, a diretoria da Associação Nacional de Clubes de Futebol se une aos dirigentes, jogadores e torcedores do futebol brasileiro para comemorar a data de hoje.

O Dia Nacional do Futebol nos faz lembrar não só as grandes conquistas do mais importante e popular esporte do país, mas especialmente as suas dificuldades e os seus anseios.

Que as conquistas lideradas pelos mundiais da nossa seleção em 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002 e outra invejável série de vitórias internacionais, sejam reconhecidas como resultado do potencial técnico formado nos nossos clubes, alguns deles vivendo as reais dificuldades impostas por uma legislação que não lhes oferece a necessária e adequada proteção.

Apesar de tudo, o futebol está cada vez mais enraizado na paixão do povo brasileiro e como tal precisa ser reconhecido. Nossos campeonatos, estaduais e nacionais masculino e feminino, clamam pelo definitivo reconhecimento do seu valor e da sua importância junto a sociedade esportiva brasileira e internacional.
Por mais valorização e respeito saudamos o “Dia Nacional do Futebol”

Diretoria da ANCF
Associação Nacional de Clubes de Futebol

Confira também:





Fonte: Futebol Interior