Athletico-PR x Internacional – Furacão quer voltar a vencer contra um Colorado em crise


Curitiba, PR, 24 (AFI) – Quinto colocado do Campeonato Brasileiro com 20 pontos e ainda comemorando uma classificação com goleada por 4 a 1 sobre o América de Cali na Copa Sul-Americana, o Athletico-PR entra em campo neste domingo diante do Internacional, às 18h15, pela 13º rodada do Brasileiro.

Se a classificação na Sul-Americana trouxe tranquilidade na Arena da Baixada, a campanha do Brasileirão ainda não é a dos sonhos, apesar da boa colocação na tabela de classificação. O time do técnico português Antônio Oliveira vem de três jogos sem vitória na competição – derrota Santos (2 a 1), empate RB Bragantino (2 a 2) e derrota Ceará (1 x 0), na última rodada.

Para voltar a vencer, o time paranaense confia no fator casa. Na Arena da Baixada, o Athletico ainda não perdeu e dos cinco jogos feitos em Curitiba, venceu três – sobre América-MG, Atlético-GO e Fortaleza e empatou com a Chapecoense e RB Bragantino.

Pelo outro lado, o Inter é o 13º com 14 pontos. Eliminado pelo Olimpia na Copa Libertadores, está em crise, com o trabalho do técnico Diego Aguirre contestado> No Brasileiro está há dois jogos invicto –  vem de vitória sobre o Juventude e empate no Grenal.

MISTÉRIO
Parta a partida diante do Internacional, o técnico Antônio Oliveira adotou o mistério e não confirmou se vai poupar alguns jogadores, principalmente os meias Nikão e Terans, destaques do time. O atacante Matheus Babi também pode dar lugar para Renato Kayser.

O volante Richard que testou positivo para Covid-19 no início da semana continua de fora e dá lugar para Léo Cittadini.

Internacional
O meia Patrick deve ser desfalque no Internacional. Ele foi substituído ainda no primeiro tempo do duelo contra o Olimpia. Caso seja vetado pelo departamento médico, a tendência é que Mauricio jogue.

Yuri Alberto, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, dá lugar a Caio Vidal. Paulo Victor pode entra na vaga de Moisés.

O atacante Taison pediu um voto de confiança aos torcedores.

“Eu entendo o torcedor colorado, as pessoas que torcem por nós, a chateação que estão por termos sido eliminados da Copa do Brasil e da Libertadores. Não podemos falar. Temos que mostrar no Brasileirão que a gente é capaz. Mudar essa página rápido. Muitas pessoas acham que somos um time de perdedores, mas não somos. Tem o Brasileirão para mostrar isso”, desabafou Taison


Fonte: Futebol Interior