Avaí 1 x 1 Brasil – Entrar no G4? Deixa para a próxima


Florianópolis, SC, 25 (AFI) – O Avaí desperdiçou a chance de fechar a 14ª rodada dentro do G4 – zona de acesso – do Campeonato Brasileiro Série B. Mesmo jogando na Ressacada empatou por 1 a 1 com o Brasil de Pelotas neste domingo à noite. A atenuante foi que desde os 20 minutos do primeiro tempo, o time catarinense atuou com um jogador a menos devido a expulsão de Lourenço.

CONFIRA OS MELHORES MOMENTOS

Com 22 pontos, o Avaí ocupa a sétima posição. Se vencesse, iria para quarto lugar, com 24 e tiraria o Goiás (23) do G4. Mas se manteve invicto, agora em oito jogos. O ponto conquistado fora de casa foi valioso ao time gaúcho, que estava em penúltimo lugar e agora está em 16.º, fora da zona de rebaixamento com 12 pontos.

FOI COM MUITA SEDE AO POTE…

Na tentativa de fazer aquela tradicional pressão inicial, o Avaí confundiu velocidade com precipitação. Errou muitos passes e permitiu o Brasil, bem armado na defesa, aproveitar os contra-ataques. O time gaúcho foi mortal aos 18 minutos, quando a defesa catarinense saiu jogando errado, e Jarro pedroso roubou a bola de Diego Renan. O passe foi para Netto que avançou sozinho e perto da grande área soltou um chute forte que entrou no canto direito de Glédson.

Dois minutos depois, a situação ainda ficou pior para o Avaí porque Lourenço, numa dividida, acertou as travas das chuteiras no zagueiro Ícaro. O árbitro já mostrou direto o cartão vermelho, deixando o time da casa com um jogador a menos.

O Avaí demorou para se reequilibrar, quando tentou fazer a ligação direta com dois atacantes: Jonathan e Copete. Mas em nenhum lance eles chegaram com perigo nas finalizações.

MESMO COM UM EXPULSO, EMPATOU

No segundo tempo, o Avaí voltou adiantado para tentar o empate. Além disso, encontrou o Brasil recuado demais, dando espaço para o adversário. Mas num erro infantil aos 23 minutos quase que levou o segundo gol. Rafael Pereira tentou uma passe lateral e entregou a bola nos pés de Renatinho que bateu de primeira. A bola tirou tinta da trave esquerda.

Mas ainda na mesma virada do relógio, o Brasil acabou castigado com o empate. Júnior Dutra recebeu do lado esquerdo, ajeitou e bateu forte encobrindo o goleiro Matheus Teixeira. Tudo igual aos 23 minutos.

O Avaí continuou em cima e aos 28 minutos o Brasil também ficou com 10 jogadores, após entrada de Jarro pedroso em cima de Rafael Pereira. Jarro recebeu o segundo amarelo e depois o cartão vermelho. O jogo ficou aberto, tanto que cada time terminou o jogo com 11 finalizações cada. Mas ninguém chegou ao segundo gol.

PRÓXIMA RODADA

Na 15ª rodada, o Avaí vai enfrentar o Remo, quarta-feira, às 19 horas, em Belém (PA). O Brasil só volta a campo no sábado (31) em casa diante do Sampaio Corrêa, a partir das 19 horas.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior