Brasil-RS 1 x 0 Vitória – Xavante leva a melhor no duelo dos desesperados e deixa Z4


Característica do Campeonato Brasileiro da Série B, Brasil de Pelotas e Vitória fizeram um jogo movimentado e intenso, neste sábado cedo, no estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS), pela 12.ª rodada. Até parecia uma final, mas se tratava apenas da disputa para ver quem sairia da zona de rebaixamento. O Brasil se deu melhor ao vencer por 1 a 0.

Além de quebrar um jejum de seis jogos sem vencer, o time gaúcho saltou para a 15.ª posição, com 11 pontos. Pelo menos de forma provisória, deixa a zona de descenso. O Vitória segue com nove pontos, em 18.º lugar e dentro do Z4.

SOB TENSÃO
Sob tensão pela situação dos dois times, o jogo começou nervoso. Aos poucos, porém, o time gaúcho demonstrou mais disposição ofensiva. Mesmo sem conseguir finalizar, empurrava o visitante para seu campo defensivo.

O gol saiu aos 30 minutos. Gabriel Terra cobrou escanteio pelo lado direito, a defesa rebateu mal e a bola sobrou para Vidal na linha da grande área. Ele estava sozinho, tanto que teve tempo para ajeitar a bola com a sola do pé e chutar. Houve desvio na defesa e a bola entrou no canto esquerdo do goleiro.
MUITA FESTA

A comemoração dos jogadores também foi digna de uma decisão. Muitos gestos, muita vibração e um abraço de todos no técnico Cláudio Tencatti, que passou a semana ameaçado no cargo. Foi mantido pelo vice-presidente Cláudio Montanelli.

O Vitória voltou diferente no segundo tempo, todo adiantado. Antes do primeiro minuto, após cruzamento do lado direito, Pedrinho apareceu livre na frente do goleiro Matheus Nogueira. Mas o atacante se atrapalhou no momento da finalização, mandando para bem para fora.

Brasil lutou muito contra o Vitória. Foto: Carlos Insaurriaga – GEB

AS CHANCES
Aos oito minutos, o goleiro gaúcho saiu errado pelo alto e Mateus Moraes cabeceou na trave. Outra chance de ouro desperdiçada. O time baiano ainda chutou duas vezes de longe e o goleiro Matheus Teixeira fez boas defesas.
Visivelmente cansado, o Brasil apenas se defendeu. Já tinha perdido dois jogadores machucados, como também o Vitória. Nos minutos finais, alguns jogadores sentiram câimbras, mas não puderam ser substituídos.

O time gaúcho, pressionado, nem se arriscou mais ao ataque. Afinal de contas, os três pontos na Série B valem como grande final. Ao apito final, aos 51 minutos, muita vibração no banco de reservas xavante.

PRÓXIMOS JOGOS
Pela 13.ª rodada, na terça-feira, o Vitoria recebe a Ponte Preta em Salvador (BA), enquanto na quarta-feira o Brasil vai até Recife pra enfrentar o líder Náutico. Os dois jogos vão começar às 21h30.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior