Brusque 2 x 3 CSA – Azulão abre 3 a 0, leva susto, mas vence após dois jogos


Brusque, SC, 11 (AFI) – Mesmo fora de casa, o CSA conquistou uma importante vitória pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Na noite deste domingo, visitou o Brusque no Estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC), e venceu por 3 a 2. O time alagoano abriu 3 a 0 no placar e, apesar de sofrer dois gols em três minutos no segundo tempo, conseguiu segurar a pressão adversária para confirmar o triunfo.

CLASSIFICAÇÃO

Com o resultado, o CSA se mantém em 13º lugar, mas agora com 11 pontos, três a mais do que a Ponte Preta, que abre a zona de rebaixamento. Já o Brusque, que acumula duas derrotas consecutivas, sendo a primeira em casa, está em nono lugar com os mesmos 13 pontos.

BRUSQUE MELHOR

Jogando em casa, o Brusque começou de forma mais ofensiva e com volume de jogo maior. Apesar de assustar em chute de fora da área de Gabriel Taliari, não conseguiu abrir o placar. O CSA, que estava mais recuado, foi muito efetivo e fez 2 a 0 em dois minutos.

DOIS GOLS EM DOIS MINUTOS

Aos 13, Renato Cajá cobrou falta venenosa e o zagueiro Lucão subiu alto para fazer leve desvio e vencer o goleiro. No minuto seguinte, após jogada de Marco Túlio, Kevin alcança a bola na linha de fundo e cruza para Bruno Mota, também de cabeça, ampliar.

Mesmo com a desvantagem, o Brusque seguiu em cima e exigiu bastante do goleiro Thiago Rodrigues em finalizações de Edu, Thiago Alagano e Fillipe Soutto.

CSA 3 A 0

Toda a animação do Brusque pelo bom fim de primeiro tempo acabou rápido. Isso porque ao seis minutos do segundo tempo Marco Túlio fez o terceiro gol do CSA.

O meia recebeu fora da área, ajeitou e chutou colocado. Apesar de o goleiro alcançar a bola, não conseguiu defender. O gol desanimou o time mandante, que recuou demais e viu o CSA controlar o jogo por um tempo.

BRUSQUE REAGE

Aos 17, porém, a história começou a mudar. Principal jogador do Brusque, Edu diminuiu o placar e deu sobrevida ao time catarinense. Ele recebeu cruzamento dentro da área, girou bem e finalizou rasteiro no canto.

O gol incendiou o jogo e, apenas três minutos depois, o Brusque fez o segundo. Thiago Alagoano foi acionado por Airton em belo cruzamento e o meia chutou de primeira para marcar.

CSA SEGURA PRESSÃO

Se o primeiro gol do Brusque não acendeu o sinal de alerta do CSA, o segundo acendeu. O time alagoano acertou o posicionamento nas laterais e ficou muito mais difícil para o adversário criar jogadas em velocidade.

No fim do duelo, após chute de fora da área, a bola subiu e ficou com Thiago Alagoano dentro da área. O jogador, porém, não conseguiu finalizar bem e perdeu a chance do empate.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam a campo na quarta-feira pela 11ª rodada. Às 19h, o CSA recebe o Goiás no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). Mais tarde, às 21h30, o Brusque visita o Remo no Estádio Baenão, em Belém (PA).


Fonte: Futebol Interior