Chapecoense x Bahia – Vão entrar em crise juntos?


Chapecó, SC, 02 (AFI) – Ainda em busca da primeira vitória no Campeonato Brasileiro, a Chapecoense enfrenta o Bahia neste domingo, às 11h, na Arena Condá, pela nona rodada. Apesar de estar próximo dos líderes, o time nordestino vem de duas derrotas consecutivas e busca a reabilitação.

A derrota, por 3 a 2, frente ao Fortaleza deixou a Chapecoense na penúltima posição, com quatro pontos, dois atrás do América Mineiro, o primeiro time fora da zona de rebaixamento. A equipe catarinense ainda não venceu neste seu retorno à elite do futebol nacional.

O Bahia, por sua vez, levou 4 a 3 do América Mineiro, na última quarta-feira. No entanto, ainda ficou na sétima colocação, com 11 pontos, muito próximo da zona de Libertadores.

COMO VEM O TRICOLOR?

O técnico Dado Cavalcanti deu indícios de que irá dar continuidade ao time que perdeu no meio da semana. No entanto, não está descartada a possibilidade de poupar alguns jogadores. Dúvidas giram em torno de Óscar Ruíz e Thonny Anderson, que podem aparecer entre os titulares na vaga do suspenso Rossi.

Dado terá que pensar em como corrigir um problema defensivo da equipe, que marca muitos gols, mas que sofre atrás, não à toa é a segunda pior defesa do campeonato, com 13 gols tomados. Existe a possibilidade até de uma tentativa com três defensores.

“Minhas metas pessoais não são importantes para mim, no sentido de me colocar à frente do clube. Coloco sempre as metas do clube. O Bahia tem a possibilidade de chegar no título de um campeonato específico, que é a Copa do Brasil. Temos jogos extremamente difíceis, mas podemos alcançar. Vamos lutar, temos que nos colocar à disposição, com o Bahia, o que vier pela frente”, falou Gilberto.

E A CHAPE?

O técnico Jair Ventura, apesar da derrota, deverá manter a base do time que perdeu para o Fortaleza. A dúvida é se continua com três zagueiros ou volta para o tradicional 4-4-2. Com isso, a briga por posição ficou entre Ignácio e Anderson Leite. O meia ainda poderá aparecer entre os titulares na vaga de Lima ou Ravanelli.

É bom destacar que Jair Ventura não poderá contar com Bruno Silva, que levou sete jogos de suspensão por uma briga generalizada em partida contra o Internacional. A própria Chapecoense puniou o atleta por causa do ocorrido.

“Vamos ter dois jogos em casa. A gente praticamente só viaja, difícil, recuperar, e a gente vai ter dois grandes adversários, mas vamos ter que mostrar nossa força em casa para sair dessa situação”, falou o treinador.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior