Com destaques dos vitoriosos, Seleção FI da 7ª rodada da Série C chega no 4-3-3 e comandada por Júnior Rocha


Campinas, SP, 12 (AFI) – Sem dúvidas, a sétima rodada da primeira fase foi uma das mais movimentadas do Campeonato Brasileiro da Série C disputadas até aqui. Prova disso é que em dez jogos foram 25 gols marcados e oito times saíram vitoriosos. Tanto que a Seleção FI vem recheada de jogadores desses clubes e comandada por Júnior Rocha, técnico do Ypiranga-RS, novo líder do Grupo B.

Dentre os destaques estão o goleiro Rodolfo Castro, que fechou o gol do Figueirense-SC na vitória sobre o São José-RS, por 2 a 0. No meio, Igor Henrique, autor do único gol da vitória do Ituano no duelo paulista contra o Oeste, é o cão de guarda da zaga. Já o ataque é composto por Reis, do Paraná, Gabriel Silva, do Ferroviário-CE e Quirino, também do Ypiranga-RS.

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 7ª RODADA DA SÉRIE C:
Rodolfo Castro (Figueirense-SC);
Rodrigo (Botafogo-SP), Willian Machado (Botafogo-PB), Guarapuava (Paraná-PR) e Gabriel Araújo (Botafogo-PB);
Igor Henrique (Ituano-SP), Roger Gaúcho (Altos-PI) e Deysinho (Floresta-CE);
Reis (Paraná-PR), Gabriel Silva (Ferroviário-CE) e Quirino (Ypiranga-SC).
Técnico: Júnior Rocha (Ypiranga-RS).

CONFIRA A ATUAÇÃO DE CADA JOGADOR:
Goleiro:
Rodolfo Castro (Figueirense-SC) –
Depois de quatro jogos, o Figueirense voltou a vencer e ainda por cima sem sofrer gols. Com sistema defensivo seguro, o time não deu chances para o São José e Rodolfo, sempre que acionado, fez boas defesas e ajudou a organizar o posicionamento da zaga.

Lateral-direito:
Rodrigo (Botafogo-SP) –
Além de acabar com a invencibilidade do Criciúma, o Botafogo-SP segue vivo na briga pelo G4 do Grupo B. Muito disso graças a boa atuação da equipe paulista, no duelo vencido por 3 a 1. Um dos destaques foi o lateral-direito Rodrigo, que foi bem nos desarmes e também no apoio ao ataque. Tanto que participou da jogadas dos dois dos três gols da Pantera.

Zagueiro:
Willian Machado (Botafogo-PB) –
Em mais uma boa atuação na Série C, o zagueiro ajudou a justificar porque o Belo tem uma das melhores defesas da competição. Seguro, preveniu as principais investidas do Manaus-AM em um duelo o qual chegou a ter momentos de tensão para paraibanos. Além disso, foi premiado com um gol quando se lançou ao ataque e, com isso, assumiu a artilharia do Belo no ano.

Zagueiro:
Guarapuava (Paraná-PR) –
Apesar de ter jogado boa parte do segundo tempo com um jogador a menos, o Paraná não teve problemas para vencer o Mirassol, pelo placar de 3 a 0. Com boa atuação defensiva, o zagueiro Guarapuava foi um dos destaques do Tricolor. Além de ter sido impecável nos desarmes, o defensor ainda marcou o terceiro gol da vitória, aproveitando um escanteio cobrado por Alex Murici.

Lateral-esquerdo:
Gabriel Araújo (Botafogo-PB) –
Em noite inspirada na lateral-esquerda, o atleta fez uma grande partida diante do Manaus. Com duas assistências, foi fundamental na vitória a qual rendeu a liderança do Grupo A para o Belo. Além disso, com boa recomposição, conseguiu evitar boas investidas e contra-ataques visitantes.

Volante:
Igor Henrique (Ituano-SP) –
Firme e forte no G4, essa é a situação do Ituano dentro da tabela de classificação do Grupo B da Série C. Muito disso graças ao volante Igor Henrique. Foi dos pés dele que saiu o gol da vitória no duelo paulista contra o Oeste, por 1 a 0. Além disso, foi um verdadeiro cão de guarda do meio-campo do Galo, sem deixar o adversário chegar com perigo ao gol adversário.

Meia:
Roger Gaúcho (Altos-PI) –
Em um duelo difícil diante do Santa Cruz, o meia teve um papel fundamental na conquista dos três pontos. Foi dele o passe o qual desmontou a zaga visitante e permitiu a Lucas Campos fazer o tento da vitória piauiense. Além disso, apesar de ter entrado nos minutos finais, infernizou a zaga coral, criando boas chances para o Jacaré.

Meia:
Deysinho (Floresta-CE) –
Destaque do Verdão nos últimos anos, o meia acumulou mais uma boa atuação diante do Tombense-MG, mesmo entrando no fim. Apesar do resultado de empate, ele ajudou a criar boas chances e deu trabalho à zaga mineira enquanto esteve em campo. Além disso, marcou o gol de empate um minuto após o Carcará sair na frente já no fim do jogo, garantindo um ponto importante para o Lobo na sequência da competição.

Atacante:
Reis (Paraná-PR) –
Depois de vencer o Mirassol, pelo placar de 3 a 0, mesmo jogando fora de casa no Estádio José Maria de Campos Maia, o Paraná enfim conseguiu sair da zona de rebaixamento. Um dos destaques do Tricolor foi o atacante Reis. Depois de tentar por diversas vezes, ele conseguiu balançar as redes em um rebote dado pelo goleiro adversário, justamente em um chute dado por ele mesmo.

Atacante:
Gabriel Silva (Ferroviário-CE) –
Sabendo que o Ferrão teria poucas oportunidades e deixaria o Paysandu mais tempo com a bola, Gabriel Silva foi fundamental para ampliar o placar, ainda no primeiro tempo, e deixar o placar em 2 a 0. Não foram muitos chutes e participações, mas quando foi chamado, teve tranquilidade para guardar no fundo das redes.

Atacante:
Quirino (Ypiranga-SC) –
Participou da jogada do segundo gol de Clayton e fez o terceiro do Ypiranga na vitória por 3 a 2 sobre o Novorizontino. No gol de Clayton, fez excelente jogada pela direita, crotando um defensor e tocando para ele marcar. Depois foi ele quem assumiu a responsabilidade de bater o pênalti, o segundo do time gaúcho na partida, que deu a vitória por 3 a 2 sobre o Novorizontino. Bateu com categoria, deslocando o goleiro na batida.

Técnico:
Júnior Rocha (Ypiranga-RS) –
Com a melhor campanha geral, o técnico da seleção não poderia ser outro. Em duelo complicado diante do Novorizontino, o treinador armou muito bem o time de Erechim, que venceu por 3 a 2 após os paulistas buscarem por duas vezes o empate. De quebra, alcançou a liderança do Grupo B com 16 pontos e caminha a passos largos para a classificação.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior