Com mais de 160 jogos na Série B, técnico analisa propostas


Campinas, SP, 1 (AFI) – O início do Campeonato Brasileiro das Séries A, B, C e D tem mexido com o mercado da bola quando se trata de troca de treinadores, e muitas equipes têm usado essa estratégia com o início ruim de temporada.

De olho nessas mudanças, o técnico Nedo Xavier tem acompanhado jogos das Séries A,B e C do brasileiro e atento as mudanças que vem acontecendo constantemente, mas tem objetivo de assumir uma equipe em busca de campanhas positivas e com bons trabalhos, assim como realizou em sua carreira.

“O futebol está muito rápido e temos que estar atento ao mercado, mas com consciência de trabalho que possamos realizar até porque hoje futebol brasileiro tem muitos clubes organizados fora de campo e o intuito é que possamos voltar e realizar bons trabalhos como sempre fizemos nessa longa caminhada na função de técnico de futebol”, disse o técnico.

GRANDE HISTÓRIA NO BOA

O treinador também tem uma grande história no Boa Esporte desde quando o clube ainda se chamava Ituiutaba, em 2007 ficou na terceira posição do campeonato mineiro e foi campeãodo Interior, campeão do módulo II e conquistando acesso à Elite do Mineiro em 2011. Além do e vice-campeonato Brasileiro da Série C de 2012 e acesso a Série B, competição no qual comandou a equipe em mais de 160 jogos, além de ter sido auxiliar técnico do Coritiba no início da sua carreira, conquistando o título paranaense de 1999, chegou até Atlético Mineiro e foi campeão mineiro de 2000 e um terceiro lugar na Copa Mercosul, passando por vários clubes no futebol nacional.

CARREIRA
A carreira de Nedo Xavier teve início nas categorias de base do Coritiba em 1990, mas logo se tornou auxiliar técnico do profissional e trabalhou com técnicos renomados, como Rubens Minelli. No Atlético-MG, seu primeiro clube como profissional, atuou com Abel Braga, Jair Pereira, Marcio Araújo e Carlos Alberto Parreira antes de ser efetivado como treinador.

A lista de clubes que Nedo Xavier dirigiu é grande. Além da base do Coritiba, ele comandou Atlético-MG, Juventude-MT, Malutrom-PR, Rio Branco-PR, Prudentópolis-PR, Fortaleza-CE (foi eleito o melhor treinador do Campeonato Cearense 2012), Uniclinic-CE, Avaí-SC, Guarani-MG, América-MG, Caldense-MG, Ituiutaba/Boa Esporte, onde conquistou título e acesso, principalmente o inédito da Série C do Brasileiro para Série B, Uberaba-MG, Guaratinguetá-SP, ASA-AL, São Caetano-SP, CSA-AL, Paraná Clube, entre outros.


HOMENAGEM
A Confederação Brasileira de Futebol, por meio da CBF Academy, concedeu em fevereiro de 2018, ao treinador de futebol Valdonedo da Silva Xavier, mais conhecido como Nedo Xavier, a Licença Honorária, em reconhecimento à sua competência técnica, contribuição e extensa carreira no futebol brasileiro.
O homenageado ganhou da CBF duas medalhas, a carteirinha de Licença Honorária e uma camisa exclusiva da Seleção Brasileira de Futebol com o seu nome.


Fonte: Futebol Interior