20.2 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Concurso TJ SP 2021: Saiu o edital com 845 vagas para nível médio! Até R$6.301,71


Saiu! O Tribunal de Justiça de São Paulo faz saber aos interessados a abertura de novo edital de concurso público (Concurso TJ SP 2021) para o cargo de Escrevente Judiciário. Serão oferecidas, ao todo, 845 vagas para a carreira, que tem requisito de nível médio completo.

O cargo requer idade mínima de 18 anos e conclusão, até a posse, do ensino médio. Os salários iniciais vão chegar a R$6.301,71, considerando R$4.981,71 de vencimento básico, auxílio-alimentação de R$990 (R$45 por dia considerando 22 dias úteis) e auxílio-saúde de R$330.

Além dos salários, os aprovados no concurso poderão contar com auxílio-transporte, auxílio pré-escolar, auxílio natalidade, auxílio moradia, ajuda de custo, entre outros. A carga horária será de 40 horas semanais.

As vagas oferecidas pelo concurso TJ-SP são para todas as 10 regiões administrativas judiciárias (RAJs) do Estado. Do total de vagas liberadas, 460 vagas são para capital. Somente para 4ª Região (Campinas), são 70 oportunidades. Veja o quadro completo de vagas:

O servidor, no cargo de Escrevente, é responsável por atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam as funções de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça e por dar andamento em processos judiciais e administrativos. Eles também devem atender ao público interno e externo, elaborar e conferir documentos, controlar a guarda do material de expediente, atualizar-se quanto à legislação pertinente à área de atuação e normas internas.

  • BLOCO I (24 questões): Língua Portuguesa;
  • BLOCO II (40 questões): Conhecimentos em Direito (inclui Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Processual Civil, Direito Constitucional, Direito Administrativo e Normas da Corregedoria Geral de Justiça);
  • BLOCO III (36 questões): Conhecimentos Gerais, com Atualidades – 6 questões, Matemática – 6 questões, Informática – 14 questões e Raciocínio Lógico – 10 questões.

Segundo o edital, será avaliado na escala de zero a dez pontos, sendo os blocos I e II de caráter eliminatório, onde o candidato deverá acertar, no mínimo, 50% das questões de cada bloco.

O candidato que for convocado para prova prática, terá que realizar formatação e digitação. Essa etapa buscará aferir o conhecimento e habilidades do candidato, utilizando o editor de texto em microcomputador do tipo PC, em ambiente gráfico Microsoft Windows.

Segundo o edital, a prova prática será avaliada na escala de zero a dez pontos. Será aprovado na etapa o candidato que obtiver nota igual ou superior a cinco pontos.

A validade do concurso será de 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período.

Bloco I – Língua Portuguesa – 24 questões

1. Análise, compreensão e interpretação de diversos tipos de textos verbais, não verbais, literários e não literários.
2. Informações literais e inferências possíveis.
3. Ponto de vista do autor.
4. Estruturação do texto: relações entre ideias; recursos de coesão.
5. Significação contextual de palavras e expressões.
6. Sinônimos e antônimos.
7. Sentido próprio e figurado das palavras.
8. Classes de palavras: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem: substantivo, adjetivo, artigo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção.

9. Concordância verbal e nominal.
10. Regência verbal e nominal.
11. Colocação pronominal.
12. Crase.
13. Pontuação.

BLOCO II: Conhecimentos em Direito – (40) questões:

1. DIREITO PENAL: Código Penal – artigos 293 a 305; 307; 308; 311-A; 312 a 317; 319 a 333; 336 e 337; 339 a 347; 357 e 359.
2. DIREITO PROCESSUAL PENAL: Código de Processo Penal – artigos 251 a 258; 261 a 267; 274; 351 a 372; 394 a 497; 531 a 538; 541 a 548; 574 a 667 e Lei nº 9.099 de 26.09.1995 (artigos 60 a 83; 88 e 89).
3. DIREITO PROCESSUAL CIVIL: Código de Processo Civil – artigos 144 a 155; 188 a 275; 294 a 311 e do 318 a 538; 994 a 1026; Lei nº 9.099 de 26.09.1995 (artigos 3º ao 19) e Lei nº 12.153 de 22.12.2009.
4. DIREITO CONSTITUCIONAL: Constituição Federal – Título II – Capítulos I, II e III; e Título III – Capítulo VII com Seções I e II; e também o artigo 92.
5. DIREITO ADMINISTRATIVO: Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de São Paulo (Lei n.º 10.261/68) – artigos 239 a 323; e Lei Federal nº 8.429/92 (Lei de Improbidade Administrativa).
6. NORMAS DA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA (disponíveis no portal do Tribunal de Justiça – site: www.tjsp.jus.br, na área Institucional / Corregedoria / Normas Judiciais):

Tomo I – Capítulo II: Seção I – subseções I e II;
Tomo I – Capítulo III: Seções I, II, V, VI, VII;
Tomo I – Capítulo III: Seção VIII – subseções I, II e III;
Tomo I – Capitulo III: Seções IX a XV, XVII a XIX;
Tomo I – Capítulo XI: Seções I, IV e V;
Tomo I – Capitulo XI: Seção VI – subseções I, III, V e XIII

BLOCO III: Conhecimentos Gerais

Atualidades (06) questões:
1. Questões relacionadas a fatos políticos, econômicos, sociais e culturais, nacionais e internacionais, ocorridos a partir do 1° semestre de 2021, divulgados na mídia local e/ou nacional;
2. Artigos 1º ao 13; 34 ao 38 da Lei nº 13.146/2015 – Estatuto da Pessoa com Deficiência, com as alterações vigentes até a publicação deste edital.

Matemática – (06) questões:
1. Operações com números reais.
2. Mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum.
3. Razão e proporção.
4. Porcentagem.
5. Regra de três simples e composta.
6. Média aritmética simples e ponderada.
7. Juros simples.
8. Equação do 1.º e 2.º graus.
9. Sistema de equações do 1.º grau.
10. Relação entre grandezas: tabelas e gráficos.
11. Sistemas de medidas usuais.
12. Noções de geometria: forma, perímetro, área, volume, ângulo, teorema de Pitágoras.
13. Resolução de situações-problema.

Informática – (14) questões:
MS-Windows 10: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos MS-Office 2016 ou superior, MS-Word 2016 ou superior: estrutura básica dos documentos, edição e formatação de textos, cabeçalhos, parágrafos, fontes, colunas, marcadores simbólicos e numéricos, tabelas, impressão, controle de quebras e numeração de páginas, legendas, índices, inserção de objetos, campos predefinidos, caixas de texto. MS-Excel 2016 ou superior: estrutura básica das planilhas,
conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão, inserção de objetos, campos predefinidos, controle de quebras e numeração de páginas, obtenção de dados externos, classificação de dados. Correio Eletrônico: uso de correio eletrônico, preparo e envio de mensagens, anexação de arquivos. Internet: navegação internet, conceitos de URL, links, sites, busca e impressão de páginas. MS Teams: chats, chamadas de áudio e vídeo, criação de grupos, trabalho em equipe: Word, Excel, PowerPoint, SharePoint e OneNote, agendamento de reuniões e gravação.

Raciocínio Lógico – (10) questões:
Visa avaliar a habilidade do candidato em entender a estrutura lógica das relações arbitrárias entre pessoas, lugares, coisas, eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. Visa também avaliar se o candidato identifica as regularidades de uma sequência, numérica ou figural, de modo a indicar qual é o elemento de uma dada posição. As questões desta prova poderão tratar das seguintes áreas: estruturas lógicas, lógicas de argumentação, diagramas lógicos, sequências.

Informações do concurso
  • Concurso: Tribunal de Justiça de São Paulo
  • Banca organizadora: Vunesp
  • Vagas: 845
  • Escolaridade: nível médio
  • Remuneração: R$6.301,71
  • Inscrições: 30 de julho a 2 de setembro
  • Taxa de Inscrição: R$79
  • Provas: 31 de outubro de 2021
  • Edital concurso TJ SP 2021

Fonte: Notícias Concursos