Cuiabá x Flamengo – Na volta da Arena Pantanal, Rubro-Negro busca reabilitação no Brasileirão


Cuiabá, MT, 30 (AFI) – No retorno do Cuiabá a Arena Pantanal, o Flamengo irá buscar a reabilitação para voltar a brigar pelo G6 do Campeonato Brasileiro da Série A. Os dois times se enfrentam às 20h, no fechamento da oitava rodada, no estádio em que recentemente recebeu grandes jogos da Copa América, com astros como Messi e Suarez jogando no local.

Vindo de uma derrota para o Juventude, por 1 a 0, o Flamengo aparece na 12ª colocação com nove pontos ganhos. Em cinco jogos disputados até aqui são três vitórias e duas derrotas. Do outro lado, o Cuiabá ainda não sabe o que é vencer na competição. Com apenas quatro pontos, o Dourado é 18º colocado e busca a reabilitação para sair da zona de rebaixamento.

CUIABÁ
De volta a Arena Pantanal, o Cuiabá só vai ter uma baixa para enfrentar o Flamengo. Trata-se do lateral-direito João Lucas, que está suspenso e por coincidência, ele é um jogador que ainda tem vínculo com o clube carioca. Será substituído por Lucas Ramon. Esta é a única mudança do técnico Luiz Fernando Iubel.

“Esperamos uma equipe em evolução, competitiva e que possa ser perigosa tanto quebrando as linhas, quanto na execução dos contra-ataques”, disse o técnico que vai contar com a volta de Felipe Marques. O atacante se recuperou de Covid-19 e vai ficar no banco de reservas, com muita chance de ser utilizado durante a partida.

FLAMENGO
Com um treino na tarde desta quarta-feira (30) antes de embarcar rumo a Cuiabá, o Flamengo encerrou a sua preparação para o duelo. O goleiro Diego Aves estará fora por precaução após avaliação dos fisiologistas do clube. Com isso, a tendência é que o jovem Gabriel Batista seja o titular na meta rubro-negra.

Por outro lado, o técnico Rogério Ceni poderá contar com o retorno do zagueiro Rodrigo Caio, que foi poupado contra o Juventude. Desta forma, ele voltará a ser titular e fará dupla de zaga do Willian Arão. No mais, a base da equipe será a mesma que vem jogando.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior