Dado Cavalcanti lamenta perda de jogadores e fala sobre reforços: “Mercado está sendo cruel com Bahia”


Salvador, BA, 19 (AFI) – A goleada por 5 a 0 sofrida diante do Flamengo ligou um sinal de alerta no Bahia. O técnico Dado Cavalcanti enxergou a semana como atípica, lamentou a perda de alguns jogadores e revelou dificuldade em reforçar o elenco para conseguir brigar pelas primeiras colocações no Campeonato Brasileiro.

“Nós estamos nos esforçando para buscar jogadores. O mercado está sendo um pouco cruel conosco. Já tínhamos carências, temos necessidades, perdemos dois jogadores importantes. Aconteceram ainda suspensões durante a semana. Essa semana talvez tenha sido uma semana atípica por todo esse contexto de junção de dificuldades. A direção está se esforçando. Foram anunciados Mugni e Rodallega. A gente tem tido um pouco de dificuldade com essa competitividade do mercado”, falou o treinador.

Dado Cavalcanti cobra por reforços no Bahia

O treinador perdeu recentemente dois jogadores que vinham sendo importantes para o bom desempenho do Bahia na temporada. Juninho e Thaciano foram negociados. Em contrapartida, a diretoria trouxe Lucas Mugni, ex-Flamengo, que estava acertado com a Chapecoense e o atacante Hugo Rodallega, atleta com passagem pelo futebol inglês. Ambos ainda não podem estrear.

Sobre a goleada, Dado Cavalcanti minimizou. “Jogamos contra um adversário superior à nossa equipe tecnicamente. Taticamente foi melhor no jogo. A condição que tivemos durante a semana foi de muitas trocas, muitas avaliações, buscar melhores soluções para as saídas. Não foi algo natural, foi uma semana de ajustes. Essa foi a grande diferença que fez o adversário ser bem superior à gente”, completou.

BRASILEIRÃO
O Bahia é o oitavo colocado do Brasileirão, com 17 pontos, um da zona de Libertadores, do próprio Flamengo. O próximo desafio é diante de outro candidato ao líder. O Tricolor enfrentará o Atlético-MG no domingo, às 11h, no Mineirão.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior