Diniz quer paciência para fazer lição de casa ante Juazeirense na Copa do Brasil


Santos, SP, 28 (AFI) – O Santos recebe o Juazeirense nesta quarta, às 19h15, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, esperando uma repetição do que aconteceu no final de semana pelo Campeonato Brasileiro: um rival defensivo e que joga por um contra-ataque para definir a partida. O que o técnico Fernando Diniz quer, desta vez, é que o final da história seja favorável ao seu time, já que contra os goianos, a equipe deixou o campo derrotada.

“O resultado mais justo (no jogo contra o Atlético Goianiense) não era nem o empate, mas uma vitória nossa. Criamos muitas jogadas e isso é positivo. Somente no final é que cedemos espaços para alguns contra-ataques”, disse Diniz.

 

SEM DESESPERO

Em meio à disputa de Copa Sul-Americana, Brasileiro e Copa do Brasil, o treinador vem trabalhando a potencialidade de seu elenco. Segundo ele, não vai ser por causa de uma derrota que tudo tem de ser repensado.

“Quem viu o jogo percebeu que o Santos foi contundente e procurou a vitória durante todo o tempo. Quero o mesmo desempenho, mas precisamos ser mais eficazes.”

 

ATENÇÃO REDOBRADA

Como a Copa do Brasil é um torneio eliminatório, o treinador sabe que o time não pode cometer erros graves sob o perigo de colocar em risco a classificação na partida de volta. Do outro lado, ele vai enfrentar uma equipe que já eliminou Sport, Volta Redonda e o Cruzeiro em fases anteriores do torneio.

“Temos bons finalizadores como o Marinho, o Kaio Jorge e o Marcos Guilherme e nosso ataque é agressivo. Mas o cuidado na parte defensiva é sempre importante”.

 

JOGAR POR UMA BOLA

O Juazeirense chega para a partida contra o Santos na Vila com um firme propósito: levar um resultado que permita definir a classificação às quartas de final da Copa do Brasil em seus domínios.

“Vamos atuar fechados e tentar encaixar os contra-ataques. Sabemos da qualidade do Santos e não podemos jogar abertos. Observamos os últimos jogos na Vila e encontramos alguns pontos que podem ser aproveitados”, comentou o treinador Carlos Rabello.

A partida de volta, que define o classificado para as quartas de final da Copa do Brasil, acontece na próxima quinta, no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro (BA).

 

Toni Assis

 

Confira também:





Fonte: Futebol Interior