Ex-panicat Arícia Silva cria conta no OnlyFans e expõe detalhes do conteúdo



A ex-panicat Arícia Silva entrou na lista dos famosos que produzem conteúdos exclusivos para a conta no OnlyFans. Com a plataforma, a modelo pensa em faturar muito, assim como sua referência, a cantora Anitta.

“Até alguns meses atrás, assim como a grande maioria da população brasileira, eu também não sabia o que era o OnlyFans. Fiquei impressionada quando soube o valor que a Anitta estava faturando (por mês) na plataforma e, resolvi estudar sobre. Uma Aricia como eles nunca viram (risos). Vai ter que assinar pra saber. Mas posso adiantar que tem vídeo de banho no lançamento”, revelou em entrevista à Quem.

Além disso, como alternativa para interagir melhor com os fãs, a musa criou um grupo no Telegram, onde conversa sobre o novo projeto. “Estou muito feliz em ver o tanto de gente que tá ansiosa aguardando por esse conteúdo”, comemorou.

Durante o bate-papo, Arícia explicou que estava se sentindo incomodada com as atitudes de alguns seguidores no Instagram e, com isso, estava mudando sua forma de ser na rede social. “Há tempos, eu ando ‘de mal’ com o Instagram. E acredito que muito influencer se sente prejudicado pela plataforma também. Lá eu já não estava mais conseguindo ser eu. Meus fãs e amigos sentiam isso também. De uma hora pra outra, milhões de seguidores passam a ser haters detetives que ficam de olho pra te cancelar por qualquer deslize. Isso é desumano”, reclamou.

Por isso, o OnlyFans foi uma saída para ser ela mesma: “Então, porque não abrir os olhos para as outras opções disponíveis no mercado, sabe? Medo de julgamentos? Sempre me julgaram e vão continuar julgando. Mas eu prefiro ser julgada com os milhões que vão cair na minha conta. Não é fácil. É preciso ser forte e corajosa para fazer a diferença e ser pioneira num negócio. Se você não tiver coragem, amanhã outro vai e faz no seu lugar. E você fica, mais uma vez, chupando o dedo. Ou para finalmente de julgar, e vai lá fazer igual”.

Segundo ela, o OnlyFans é mais uma oportunidade de trabalho: “A internet virou a nova forma de faturar com todos os negócios. Com a pandemia mesmo, o meio digital foi a nossa salvação. Outras grandes inspirações para mim foram três lutadoras de UFC, que durante o confinamento na pandemia, resolveram criar suas contas no Only. Com o dinheiro arrecadado, puderam comprar sua própria academia para continuar fazendo o que mais amam: lutar. Elas são exemplos de mulheres determinadas e corajosas”, explicou.





Fonte: iBahia