Ex-técnico do Guarani, Felipe Conceição entra com ação contra o Cruzeiro


Belo Horizonte, MG, 05 (AFI) – Anunciado na semana passada pelo Remo, o técnico Felipe Conceição ainda não sabe quando poderá estrear pelo time no Campeonato Brasileiro da Série B. Isso porque o treinador vive litígio com o Cruzeiro, seu ex-time, o qual resultou em ação que tramita na Câmara Nacional de Resoluções e Disputas (CNRD) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Conceição ingressou com ação nesta segunda-feira requerendo a rescisão do seu vínculo federativo com o Cruzeiro.

O treinador afirma que na semana passada o Cruzeiro lhe enviou o termo de rescisão do seu contrato de trabalho constando que o mesmo havia sido de ‘comum acordo’ entre as partes. Contudo, Conceição não assinou por não se tratar da realidade, já que foi demitido, o que é fato público e notório.

“Após muita insistência, na última sexta-feira o Clube-Réu (Cruzeiro) apresentou ao Autor (Felipe Conceição) somente a rescisão de seu contrato federativo, já assinada por seu Presidente, mas nele constando que a rescisão se deu por comum acordo entre as partes, o que não condiz com a realidade. Por isso, o Autor não pôde firmar o referido documento, e, via de consequência, permanece vinculado ao Clube-Réu nos sistemas da CBF”, diz parte da ação do treinador.

Por ainda não ter assinado a rescisão, Felipe Conceição ainda consta na CBF como técnico do Cruzeiro. E somente após a assinatura deste documento é que conseguirá ser registrado pelo Remo, seu novo clube.

Só que a atitude do Cruzeiro tem uma explicação. O clube fez constar o ‘comum acordo’ entre as partes para ainda ter a possibilidade de contratar um novo treinador caso venha a demitir Mozart. Só que não constava com a recusa de Conceição, que contestou o documento e agora busca a liberação via CNRD.

Caso o Cruzeiro declare que a rescisão de Conceição aconteceu por sua culpa, o clube não poderá mais contratar nenhum treinador durante a Série B – isso se demitir Mozart.

Conceição chegou ao Cruzeiro após ótima passagem pelo Guarani. Em 19 partidas foram oito vitórias, três empates e oito derrotas.

O Remo volta a campo na quinta-feira para enfrentar o Vila Nova, às 21 horas, em Belém. Fica a dúvida se será a estreia de Conceição como comandante do time.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior