21.1 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Guarani 1 x 4 Vila Nova – Tigre deixa Bugre fora do G-4 e se reabilita na Série B


Campinas, SP, 31 (AFI) – O Vila Nova quebrou uma série de quatro tropeços consecutivos e se afastou da zona de rebaixamento ao fazer sonoros 4 a 1 no Guarani, na manhã deste sábado, em pleno estádio Brinco de ouro da Princesa, pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. De quebra, impediu que o rival voltasse ao G-4.

Com o resultado, o Vila Nova alcançou os 18 pontos, ganhando uma folga na luta contra o rebaixamento. O Guarani, por sua vez, que sofreu seu oitavo gol em dois jogos, ficou com 23, fora da zona de acesso.

FÁCIL, FÁCIL

A goleada sofrida contra o Vasco da Gama não fez bem para o Guarani. O time campineiro fez um primeiro tempo apático, acabou sendo dominado pelo Vila Nova e viu o adversário liquidar a fatura logo de cara. O time goiano começou a estragar os planos de reabilitação do rival aos dois minutos, quando Dudu pegou a sobra, após cruzamento para dentro da área, e mandou para o fundo das redes.

Vila Nova derrota o Guarani. Foto: Thomaz Marostegan/Guarani FC

O Guarani tentou reagir e desperdiçou boas oportunidades com Bidu e Régis, mas o dia era mesmo do Vila Nova. Em mais uma chegada no ataque, o time goiano ampliou o marcador. Aos 20 minutos, Henan recebeu cruzamento, dominou com o peito e chutou forte, por cobertura, superando o goleiro Gabriel Mesquita.

Após o gol, o Vila Nova começou a jogar no contra-ataque e foi justamente assim que fez o terceiro. Arthur Rezende disparou em velocidade e arriscou de fora da área. Gabriel Mesquita deu rebote e Renan Mota completou para fazer 3 a 0. Ainda no primeiro tempo, Henan, por muito pouco, não fez o quarto.

VIROU GOLEADA

O segundo tempo começou com o Vila Nova perdendo grande chance de marcar em tentativa de Xandão. O Guarani, após o susto, cresceu, criou boas oportunidades, mas, quando acertou o alvo, viu Georgemy defender.

Em grande vantagem, o Vila Nova baixou a marcação e chamou o Guarani para o seu campo de defesa. O time bugrino, no entanto, esteve longe de empolgar e pareceu desistir de tentar buscar o empate. Com o time paulista em baixa, a equipe goiana não teve dificuldade para fazer o quarto aos 40 minutos. Em boa trama de contra-ataque, Éder recebeu livre e guardou.

Ainda deu tempo do Guarani fazer o chamado ‘gol de honra’. Aos 49 minutos, Allan Victor recebeu na entrada da área, ajeitou para a perna direita e mandou no ângulo de Georgemy, mas já era tarde para esboçar qualquer tipo de reação.

PRÓXIMOS JOGOS

Na próxima rodada, o Guarani enfrenta o Brasil de Pelotas na sexta-feira, às 19h, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP). No sábado, às 21h30, o Vila Nova desafia o Sampaio Corrêa, no OBA, em Goiânia (GO).

Confira também:





Fonte: Futebol Interior