Londrina 0 x 0 Confiança – A presença na zona de rebaixamento não é à toa


Londrina, PR, 20 (AFI) – Na fria noite paranaense, Londrina e Confiança não foram capazes de aquecer os torcedores. O empate em 0 a 0 reflete a partida de poucas oportunidades e muitas reclamações no Estádio do Café, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B.

Os donos da casa, que ainda não venceram em Londrina e nem sabem o que é sair com três pontos há seis rodadas, continua na zona de rebaixamento com nove pontos. O Confiança não é tão diferente. O time sergipano perdeu ou empatou não só os últimos setes confrontos, como todos fora de casa. O Confiança continua na 17ª com 11 e aguarda o complemento da rodada.

FRIO NO TEMPO E NO CAMPO

Os primeiros 45 minutos no Estádio do Café refletiram o tempo frio em Londrina. Os times poucos criaram e só o goleiro Rafael Santos teve a oportunidade de esquentar as mãos em uma grande defesa.

Após cobrança de escanteio do Celsinho, o capitão do Londrina, Tárik, subiu mais alto e cabeceou para o gol. Atento, Rafael Santos espalmou a bola para a linha de fundo. A partida, na primeira etapa, foi muito brigada com trombadas e reclamações.

GRITO SÓ PARA RECLAMAR

Na volta dos vestiários, o cenário não mudou. A bola pouca rolava no gramado, enquanto faltas e mais faltas interrompiam a partida. Ao todo, foram nove cartões amarelos (8 a e 2 para os mandantes) com três deles para o banco de reservas do Londrina: o treinador Márcio Fernandes e o goleiro Dalton.

A partir dos 20 minutos, porém, o jogo animou. O Confiança chegou duas vezes com o estreante no ataque, Tiago Reis. Na melhor delas, o centroavante, dentro da área e desequilibrado, não completou às redes.

O Londrina não teve uma jogada concluída, mas assustou. Alisson Safira entrou na área, levou uma entrada de Luciano Juba e caiu. O árbitro nada marcou. O lance foi bastante polêmico e, se fosse outro no apito, o desfecho poderia ser diferente.

FALTOU, NÉ?

O duelo chegou ao fim sem um vencedor. O Londrina teve a bola por muito tempo, mas não assustou. Faltou criatividade. O Confiança até conseguiu algumas oportunidades, porém, parou em conclusões ineficientes ou no goleiro César. Faltou vontade.

Na próxima rodada, a 14ª, os dois times entram em campo a tarde e em casa. O Londrina, na sexta-feira, recebe o Remo no Estádio do Café, às 16 horas. O Confiança enfrenta o Botafogo, no Batistão, sábado às 16h30.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior